Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Clérigo iraquiano pede reformas sem obstáculos e elogia luta contra EI

09.11.2015 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Clérigo iraquiano pede reformas sem obstáculos e elogia luta contra EI. 23221.jpeg

Clérigo iraquiano pede reformas sem obstáculos e elogia luta contra EI

Bagdá, (Prensa Latina) O grande aiatolá Ali Al-Sistani pediu nesta sexta (06) ao premiê iraquiano, Haider Al-Abadi, implementar sem impedimentos as reformas anti-corrupção e saudou a luta contra o Estado Islâmico (EI), repelido pelo exército em Salaheddin.

A necessidade de proteger a Constituição e as leis não deve ser usada pelo parlamento ou nenhuma outra autoridade para atrasar ou evadir os passos da reforma, advertiu o clérigo máximo xiita do Iraque citado por seu representante nas preces da sexta-feira, Abdul Mahdi Al-Karbalai.

Al-Sistani lançou tal indicação quatro dias depois de o parlamento votar por unanimidade o veto à administração de Al-Abadi pela implementação, sem sua aprovação prévia, das reformas contidas em um pacote integral destinado a combater a corrupção e reduzir custos no governo.

Como parte dessas medidas, apoiadas pela hierarquia islâmica e respaldadas também pelo hemiciclo em agosto, Al-Abadi eliminou os postos dos três vice-presidentes e três vice-primeiros ministros, além de reduzir o número de pessoal de segurança para servidores públicos.

Igualmente, destituiu 123 vice-ministros e diretores gerais de dependências governamentais, mas alguns das mudanças empreendidas pelo mandatário no sistema político do país mesopotâmico se estancaram, bem por má execução ou por travas interpostas por seus detratores.

O mau gerenciamento na administração pública, o latrocínio praticado pelos servidores públicos e a situação de segurança precária por causa das ações violentas dos terroristas do EI, também incidem nessa situação.

Os "takfiristas (terroristas islâmicos sunitas) dominam vastas regiões do norte e oeste do Iraque desde a ofensiva de junho de 2014, mas o Exército e as forças de segurança, apoiados por milicianos xiitas da Mobilização Popular e membros de tribos sunitas, enfrentam-nos com relativo sucesso.

Precisamente, o comandante da polícia federal, Raed Jawdat, anunciou que repeliram um assalto do DAESH, nome árabe do EI, em Al-Seniya, situada ao oeste da cidade petroleira de Beiji, conceituada estratégica por sua proximidade a Tikrit, capital da província norte de Salaheddin.

Os extremistas perderam 25 homens e seis carros armados, além de significativo armamento pesado e munições, segundo fontes oficiais.

Por sua vez, o ministro de Defesa iraquiano, Khaled Al-Obeidi, confirmou ontem que aviões tchecos do tipo "L-159" se incorporaram à base aérea Balam de Salaheddin e contribuirão a apoiar às forças que combatem o DAESH.

Original

 
3313
Loading. Please wait...

Fotos popular