Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Festival Mundial da Juventude debaterá paz na América Latina

09.11.2013 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Festival Mundial da Juventude debaterá paz na América Latina. 19164.jpeg

O próximo Festival Mundial da Juventude e os Estudantes, se realizará em Quito, Equador, estará centrado no debate político sobre temas como a paz na Colômbia, a educação no Chile e o processo de apoio à revolução cidadã conduzida pelo presidente Rafael Correa.
 
Por Nuriem de Armas*, na Agência Prensa Latina
A presidenta do comitê preparatório nacional da 18ª edição do evento, Luisa Pazmiño, destacou que estes serão o ponto alto da discussão, mas, que serão abordados outros aspectos da política mundial.


O Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes - que acontecerá de 7 a 13 de dezembro - demonstra que os jovens de esquerda de todo o planeta estão organizados e não permitem se influenciar muito facilmente, afirmou Pazmiño.


De acordo com a jovem equatoriana, a Federação Mundial da Juventude Democrática decidiu em 2012 que o Equador seria a sede do festival, em reconhecimento a todas as transformações sociais que vêm decorrendo no país com a Revolução Cidadã.


Pazmiño esclareceu que à margem do debate político haverá também uma agenda cultural e esportiva.
Na atualidade os debates sobre a realidade equatoriana e regional, realizam-se nas 24 províncias da nação, lugares por onde já passou a bandeira do Festival, em um percurso denominado a Rota dos Mensageiros, utilizados pelos indígenas na antiguidade.


A rota da Costa marítima foi nomeada Eloy Alfaro; na Serra e região insular, Hugo Chávez, e de Trânsito Amaguaña, a lutadora indígena que cruzou a região Amazônica. A mobilização permitiu realizar jornadas de solidariedade, de ação e reflexão política e cultural com os jovens de cada localidade.


O secretário geral da Federação Mundial de Juventudes Democráticas, Hanoi Sánchez, assinalou que, com a convergência da juventude no Equador, sobretudo da América Latina, se promove também a continuidade da integração regional.


"Ficará fortalecida, além disso, a luta pela paz e a soberania de nossos povos", afirmou. Sánchez destacou que os jovens equatorianos se preparam não só da parte logística e organizativa, mas também no aspecto da formação política.


Considerou que como país sede, jovens equatorianos têm a responsabilidade imensa de serem os embaixadores da Revolução Cidadã e os processos que se realizam neste país. O dirigente comentou detalhes do programa que o evento mundial seguirá, apontando que o ato inaugural em 7 de dezembro acontecerá , embora já desde dia 6 farão a sessão seminários, conferências e oficinas com temáticas como a luta pela paz e a soberania dos povos, o dos direitos ao trabalho  e as agressões imperialistas A nossos países, entre outros.


Em 13 de dezembro se dará o encerramento da 18ª edição do Festival Mundial da Juventude e os Estudantes, além disso será comemorado também o dia do Equador, para o qual os jovens desta nação se preparam, assegurou.
O evento será dedicado às figuras do Comandante Hugo Chávez, Eloy Alfaro e Kwame Nkrumah, líder do pan-africanismo ganês que foi eleito como ponte de ligação e solidariedade já que a entrevista anterior se celebrou na África, ressaltou Sánchez.
 
* É correspondente de Prensa Latina no Equador
http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=fc9e5c39356354a60d33ca59499913ca&cod=12736

 
4248
Loading. Please wait...

Fotos popular