Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Companhia Aérea Angolana inaugurar duas rotas internacionais para China e Dubai

09.07.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Companhia Aérea Angolana inaugurar duas rotas internacionais para China e Dubai

Revelou hoje a companhia A Transportadora Aérea Angolana (TAAG) que, vai inaugurar duas rotas internacionais para China e Dubai para rentabilizar os seus serviços, face à interdição que dos seus aviões sobrevoarem o espaço europeu.

"Vamos abrir duas novas rotas internacionais, sendo uma para a China e outra para o Dubai, tendo em vista a rentabilização dos nossos serviços devido à actual situação que a companhia atravessa", disse directora do gabinete de Comunicação e Imagem da TAAG, Agnela Barros.

A porta-voz da TAAG que se escusou a adiantar a data do início dos voos, disse que a transportadora aérea angolana fará essas linhas com os aviões Boeing 747 que, actualmente, asseguram as operações para o Brasil.

"Vamos dar prioridade aos voos para a China, Dubai e Brasil com os dois aviões Boeing 747 que possui uma versão "combi" que transporta especialmente carga, porque é aí onde ganhamos mais, isto em relação ao transporte de passageiros", afirmou Agnela Barros.

"Em Angola não temos turistas que viajem para o estrangeiro. A maior parte das pessoas fazem viagens de negócios e desde há muito que se faz sentir a necessidade destas ligações aéreas", acrescentou.

Questionada sobre a interdição imposta pela Comissão Europeia, a responsável afirmou que, "a TAAG ainda não dispõe de um documento legal" sobre a decisão comunitária.

Sobre a alternativa que a companhia está a usar para a Europa, com recurso a voos da TACV (Transportes Aéreos de Cabo Verde), Agnela Barros disse que a TAAG está a fazer uma "avaliação", da situação.

"Contactamos os passageiros e as tripulações e estamos a analisar os dados para ver se justifica-se continuarmos ou não", referiu.

A TAAG observa está desde sexta-feira proibida pela Comissão Europeia de sobrevoar o espaço europeu, devido a diversas falhas de segurança detectadas pela França.

Fonte Notícias Lusófonas

 
2202
Loading. Please wait...

Fotos popular