Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Brasileiro com R$ 27,7 milhões deixa o país

06.09.2007 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O brasileiro, Flávio Júnior Biass, 21 anos, que conseguiu uma liminar na Justiça, nesta quarta-feira ( 04), para bloquear o prêmio de R$ 27,7 milhões da Mega-Sena sorteada no último sábado, recebeu com a alívio a notícia da decisão do juiz da comarca de Joaçaba, cidade localizada no oeste de Santa Catarina. Ele deve deixar o Brasil nos próximos dias para morar com familiares , segundo  Terra. 

A informação é de um tio do rapaz, que está cuidando do processo com os advogados contratados. O familiar pediu para não ter o nome divulgado pela imprensa, mas informou que os pais de Biass, seus dois irmãos e sua irmã deixaram a cidade na noite de hoje, após a Justiça emitir a liminar favorável.

Segundo ele, todos foram levados para casa de parentes no interior catarinense, para evitar mais especulações sobre o assunto. "A liminar foi recebida como uma primeira vitória, mas preferimos afastar a família do assédio", disse. "O telefone não para de tocar e todo mundo quer detalhes da história", contou o tio.


Biass, ainda segundo informações de seu tio, deverá deixar o País o quanto antes e esperar a decisão final da Justiça. Ele disse que amigos e familiares estariam providenciando uma "vaquinha" para reunir recursos e mandar o jovem para casa de parentes no exterior.


"Ele tem que ficar longe", afirmou, acrescentando que o jovem apareceria apenas mais uma vez antes da viagem, para gravar entrevistas aos programas Fantástico, da Rede Globo, e Domingo Espetacular, da Rede Record. "Depois disso, creio que até o final de semana ele estará longe e incógnito", concluiu.

A 2ª Vara Civil de Joaçaba (SC) determinou o bloqueio da conta do ganhador do prêmio de R$ 27,7 milhões da Mega-Sena. A decisão foi emitida pelo juiz Edemar Gruber, depois de o jovem marceneiro Flávio Júnior Biass afirmar que é o autor da combinação premiada e que seu patrão, Altamir José da Igreja, teria sumido com a aposta. Segundo Biass, o dinheiro deveria ser dividido.

A Caixa Econômica Federal informou, através de uma nota oficial, que ainda nesta quarta-feira cumpriu a ordem judicial que determinava o bloqueio do prêmio, que foi retirado e aplicado na poupança.

 
2296
Loading. Please wait...

Fotos popular