Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Medvedev e Zuma querem paz na Líbia

03.07.2011 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 

O prMedvedev e Zuma querem paz na Líbia. 15245.jpegesidente russo, Dmitry Medvedev, em uma conversa por telefone no sábado com o presidente Sul-Africano Jacob Zuma, concordou em se reunir para discutir os esforços de paz na Líbia, de acordo com o serviço de imprensa do Kremlin.

"No fim de acordar e coordenar os últimos passos na cooperação para resolver o conflito interno da Líbia, os chefes de [os dois estados] concordaram em se reunir em um futuro próximo", disse o serviço de imprensa.

O Kremlin não especificou quando ou onde o encontro aconteceria.

Os participantes da cúpula da União Africano da Guiné Equatorial na sexta-feira decidiu não apoiar ou cumprir ordem do Tribunal Penal Internacional a prender o líder líbio Muammar Gaddafi.

Na segunda-feira, o TPI emitiu um mandado de prisão contra Gaddafi, o filho Saif al Islam, e o chefe de inteligência, Abdullah al Senussi por crimes contra a humanidade.

Durante uma reunião da União Africano anteriormente na capital sul-africana de Pretória, os mediadores na questão líbia afirmaram que Kadafi já havia feito um passo importante por não enviar ninguém do atual governo líbio para representar o país durante as negociações de paz.

A Líbia tem sido abalado com protestos anti-Gaddafi em algumas áreas desde meados de fevereiro. A operação militar internacional começou em 19 de março após uma resolução da ONU e foi prorrogado até final de setembro.

A Resolução do Conselho de Segurança da ONU 1970, aprovado em fevereiro, proibiu os estados de proporcionar qualquer tipo de armas para a Líbia. A Resolução 1973 autoriza "a tomar todas as medidas necessárias" para ajudar a proteger os civis da Líbia.

 

Mas OTAN protege civis? Ou terroristas?

 

Tradução: Olga Selyanina

Fonte: RIA Novosti

 

 

 

 

 

 
2351
Loading. Please wait...

Fotos popular