Pravda.ru

Notícias » Negόcios


Yuri Graneiro registra detalhes de mansão onde Louis Vuitton morou

03.03.2018 | Fonte de informações:

Pravda.ru

 
Yuri Graneiro registra detalhes de mansão onde Louis Vuitton morou. 28325.jpeg

Yuri Graneiro registra detalhes de mansão onde Louis Vuitton morou

O fotógrafo também visitou a fundação do ícone da moda

Yuri Graneiro fez uma imersão na cultura de uma das marcas mais valiosas da história da moda. O fotógrafo visitou a mansão que Louis Vuitton morou e também a mais nova fundação projetada pelo arquiteto Frank Gehry para mostrar que a marca, mesmo espalhada por todos os continentes não perdeu seu caráter de exclusividade. 

A casa que fica em uma pequena e charmosa cidade chamada Asnières-sur-Seine nas proximidades de Paris, que tem aproximadamente 482 hectares e está as margens do Rio Sena, tendo o estilo Art decor, que imprime o clima secular da tradicional Marca Francesa. De lá viveram o próprio Louis com a esposa, filhos, netos e bisnetos. Atualmente, nos fundos, está localizado o ateliê em que são feitas as bolsas e itens mais preciosos da grife, com a direção Patrick Vuitton, da quarta geração.

Durante o papo na grande sala da residência com Valéria e Dione da Paris Style Week, Yuri Graneiro entende com mais profundidade os detalhes da ascensão do fundador, que nasceu em 1821 na região de Jura, próximo a fronteira com a Suíça. E aos 14 anos, resolveu viajar 400km a pé até Paris, com objetivo de aprender a trabalhar com madeira e foi contratado como aprendiz de um fabricante de baú para viagem. Já em 1851 passou a ser o embalador oficial do Imperador Napoleão lll, por criar um novo conceito que aliava beleza a praticidade em suas malas.

Ao longo da visita, Graneiro ainda descobre a fonte de inspiração de Georges, que em 1896 introduziu a ideia de logomarca nos produtos, estampando o LV em marrom e bege, remetendo ao imaginário adquirido quando criança dos azulejos da cozinha da casa.

O fundo da residência é a fabrica de onde são produzidos os itens mais preciosos da grife. Porém nenhum dos produtos feitos nesse ateliê integra alguma coleção da Louis Vuitton, eles são feitos somente por encomendas especiais por preços altíssimos para clientes mais que especiais. Ainda no terreno pode se conhecer um minimuseu que apresenta toda a trajetória da marca expondo as primeiras malas e os figurinos desenvolvidos para os desfiles.

Já a fundação, que fica no charmoso bairro de Bois de Boulogne tem uma arquitetura gigantesca feita com enormes placas de vidro que remetem às "velas" de navio, que estão sobrepostas sustentadas com pilares de madeira. Esta escultura monumental tem por função mostra toda a imponência da marca, sendo verdadeira obra de arte feita para receber a coleção privada de Bernard Arnaut, da LVMH - conglomerado das principais marcas de luxo e também alojar artes contemporâneas.

Ao descrever o projeto Yuri Graneiro percebe que a edificação responde ao cenário do Jardin d´Acclimatation evocando a tradição das construções de vidro do século XlX que permitem a ligação do interior ao exterior. A sutileza das representações de velas permitem que a construção retrate a água, bosques e jardim e que mude constantemente de acordo com a luz natural. E ainda o designer da estrutura do telhado permite que o recolha a água da chuva e melhore a sua energia geotérmica.

 

 

 

 

 

 

Foto YURI GRANEIRO

 

 
4142
Loading. Please wait...

Fotos popular