Pravda.ru

Mundo

British Airways anunciou a contaminação de três aviões por material radioactivo

30.11.2006
 
British Airways anunciou a contaminação de três aviões por material radioactivo

A polícia británica encontrou vestígios de uma substância radioactiva em dois aviões da British Airways (BA), no aeroporto londrino de Heathrow.

Segundo a BA,  os dois aviões e um terceiro (em Moscovo) estão a ser examinados, no âmbito da investigação que decorre sobre a morte, em Londres, na quinta-feira passada, do ex-espião da ex-KGB, coronel Alexandre Litvinenko.

Em um dos aviões contaminados pelo material radioativo voltou, em 3 de novembro, a Moscovo o amigo de Alexander Litvinenko , Andrei Lugovoi, que tinha com ele um encontro dois dias antes. As pistas de polónio-210 foram detectados no hotel Millenium onde eles se encontraram.

 Os números dos vôos estão destacados no site de British Airways . Em total são 221 vôos.

Todas as aeronaves haviam operado na rota Londres-Moscovo . Nas últimas três semanas estes aviões partciparam de outros vôos ao redor da Europa , incluindo Barcelona , Francfurt e Atenas . Cerca de 30 mil passageiros estiveram nos 220 vôos. A transportadora británica adiantou que os referidos vestígios constituem um risco "mínimo" para a saúde pública.

O terceiro avião está estacionado no aeroporto de Domodedovo e uma equipa de especialistas britânicos - que se presume sejam polícias - seguirá para Moscovo para examinar o avião. A BA informou ainda não ser conhecida a data da contaminação dos aviões, mas os investigadores "reportam-se a finais de Outubro".

Richard Galpin, da BBC, admitia ontem que os vestígios da substância radioactiva podem ter sido deixados por alguém que tenha contactado Litvinenko, ou por alguém que tenha transportado a substância para o Reino Unido.

Entretanto a não foram detectados os vestígios da contaminação radiativa en analizes de Mário Scaramella , um informador italhiano também ter encontrado com Litvinenko, que na véspera fez uma declaração bombástica . Ele disse que Litvinenko sendo o funcionário do FSB organizava os fornecimentos clandestinos de material radiativo aos paises ocidentais.


Recorda-se que foram encontrados vestígios de polóni-210 no corpo do ex-agente, antes de morrer.


Loading. Please wait...

Fotos popular