Pravda.ru

Mundo

Congo elegeu seu presidente

30.10.2006
 
Congo elegeu seu presidente

 A República Democrática do Congo elegeu seu presidente neste domingo  na primeira votação completamente democrática desde a independência do país, em 1960.

O processo, em seu segundo turno, foi supervisionado por forças de paz da Organização das Nações Unidas (ONU), e a votação foi calma.

Entretanto, pelo menos uma pessoa morreu no nordeste do país, durante protestos sobre uma suposta fraude comunica BBC.

Além disso, o horário de funcionamento das zonas eleitorais teve que ser prorrogado no oeste do país por causa de fortes chuvas.

O resultado oficial da eleição deve sair em cerca de uma semana.

Os congoleses esperam que a eleição ponha fim a anos de conflitos e abuso de poder no país.

O presidente Joseph Kabila disputa o cargo com o empresário milionário Jean-Pierre Bemba.

Kabila tem forte apoio de moradores do leste do país, enquanto Bemba é popular no oeste.

Os simpatizantes do presidente acreditam que ele pôs fim à guerra que matou até 4 milhões de pessoas, e atribuem a responsabilidade pelo conflito a rebeldes como Bemba.

Já os rivais de Kabila reclamam que ele não é um congolês de verdade, já que cresceu na Tanzânia.

"Precisamos deste voto para colocar um fim nesta bagunça. Com a ajuda de Deus, nós vamos conseguir", disse o eleitor Isidor Kaombe à agência de notícias Reuters, enquanto esperava para votar na capital congolesa, Kinshasa.

"De agora em diante, os líderes vão governar para o povo, e não apenas se apossar do poder para sempre", afirmou outro eleitor, Theoneste Mpatse-Mugabo, à agência Associated Press.

Kabila saiu à frente no primeiro turno, no dia 30 de julho, mas conseguiu pouco menos que os 50% necessários para garantir a vitória.

 

 


Loading. Please wait...

Fotos popular