Pravda.ru

Mundo

John McCain ainda vê três letras maiúsculas nos olhos de Putin - KGB

29.07.2008
 
John McCain ainda vê três letras maiúsculas nos olhos de Putin - KGB

O candidato à presidência John McCain sempre contou-se entre os mais ardorosos partidários de medidas duras contra a Rússia. Em 2005 McCain propôs a exclusão da Rússia do Grupo dos Oito pelo simples fato de o governo russo não compartilhar dos valores básicos dos Estados Unidos.

Agora, a cerca de seis meses da eleição para presidente nos Estados Unidos, John McCain ainda se aferra a suas posições. O líder Republicano disse, numa entrevista à ABC, que Vladimir Putin ainda estava governando a Rússia de maneira autocrática.

"Precisamos melhorar o comportamento deles," disse McCain à televisão ABC quando indagado a respeito de sua ameaça de excluir a Rússia do Grupo dos Oito se for guindado à Casa Branca em novembro.

O candidato de 77 anos de idade criticou severamente a política externa da Rússia.

"O governo dele - do ex-presidente Putin, e agora Primeiro-Ministro Putin - tem conduzido seu país por um caminho que considero muito nocivo. Eles se tornaram uma autocracia. Na última semana, ou por aí, vejam as ações da Rússia.

Eles cortaram o fornecimento de petróleo aos tchecos, porque os tchecos firmaram um acordo conosco. Agora eles expulsaram - ou forçaram a sair - a BP da Rússia. Continuam a fazer enorme pressão sobre a Geórgia, de várias maneiras. Estão pressionando a Ucrânia. Estão bloqueando a ação relativa ao Irã no Conselho de Segurança das Nações Unidas," disse McCain.

"Desejamos melhor comportamento da Rússia internacionalmente, e temos todo o direito de esperar isso. E farei o que puder para assegurar que eles revertam muitos de seus padrões de comportamento que realmente não têm contribuído em nada para a paz no mundo", disse ele.

Tudo isso estimula John McCain a excluir a Rússia da lista dos países do G8. Se eleito Presidente, McCain mais provavelmente lidará com essa questão diretamente, não importa o que venham a dizer os outros membros daquele clube de elite.

O encanecido Senador Republicano, o herói da guerra do Vietnã, que passou cinco anos preso pelos comunistas, usualmente fala da Rússia como um país chefiado por um grupo de ex-oficiais de inteligência. O senador ainda vê três letras maiúsculas – KGB – nos olhos de Putin.

Um caso perdido, para o Sr. Mr. McCain.

Fonte : Agências

Tradução da versão inglesa

Murilo Otávio Rodrigues Paes Leme morpleme@gmail.compwindl@gmail.com


Loading. Please wait...

Fotos popular