Pravda.ru

Mundo

UNESCO oferece bolsas de estudo

29.02.2008
 
UNESCO oferece bolsas de estudo

Paris, 29 de Fevereiro de 2008 – A UNESCO, através do seu director-geral Koichiro Matsuura, lançou um convite aos Estados membros para que submetam dois pedidos, no máximo, de bolsas de estudo no âmbito da pesquisa e bolsas individuais de curta duração.

O programa de bolsas da UNESCO oferece possibilidades de formação inovadora e de aperfeiçoamento de alto nível graças à atribuição de bolsas de estudos universitários superiores de curta duração em beneficio dos cidadãos dos Estados membros e membros associados da UNESCO.

O Conselho Executivo da UNESCO decidiu que as bolsas a atribuir reflictam os objectivos estratégicos e as prioridades do programa da organização, nomeadamente, Educação, Ciências Exactas e Naturais, Ciências Sociais e Humanas, Cultura e Comunicação e Informação.

Tendo como data limite para apresentação dos pedidos, o dia 30 de Abril de 2008, o Ministério de cada país encarregado das relações com a UNESCO (em Angola é o Ministério da Educação), que está já na posse das ofertas da UNESCO, deverá seleccionar cidadãos titulares de uma licenciatura ou diploma de estudos universitários, que pretendam partir para o estrangeiro a fim de seguir uma formação, empreender pesquisas aprofundadas, aperfeiçoar as suas competências ou seguir cursos de especialização ou de reciclagem.

A UNESCO dá prioridade às candidaturas femininas e às candidaturas apresentadas pelos países menos avançados, os pequenos Estados insulares em desenvolvimento, bem como os países em situação de pós-conflito ou pós-catástrofe e /ou em transição, como é o caso angolano. Os candidatos deverão ter como idade limite os 45 anos e saber ler e redigir na língua de formação do país de estudo sugerido.

Para formalizar o pedido, o candidato deverá preencher um formulário de candidatura IMP/0023A, também remetido pela UNESCO ao Ministério da Educação e que deverá ser devolvido pela Comissão Nacional para a UNESCO até 30 de Abril do corrente ano. Os estudos têm a duração mínima de um mês e máxima de seis meses e decorrerão no período compreendido entre 1 de Setembro de 2008 a 31 de Dezembro de 2009.

Bolsas co-financiadas

O Governo da República Popular da China colocou à disposição da UNESCO 25 bolsas de estudos superiores em diversos domínios. A esta oferta, a China agregou mais duas bolsas para estudantes dos segundo e terceiro ciclos do ensino, no domínio exclusivo da Agricultura e dirigidas aos Estados Membros da organização especificamente designados numa lista, onde o nome de Angola está patente.

Poderão beneficiar das bolsas de nível superior os estudantes que já possuem o nível universitário, desejosos de empreender estudos superiores de curta duração igual ou inferior a um ano, nas universidades chinesas. O prazo para submissão das candidaturas prescreve a 18 de Abril de 2008, a fim de permitir ao país doador a selecção dos 27 melhores candidatos. Dado o limitado número de bolsas (duas candidaturas para cada país) a UNESCO dará prioridade aos estudantes possuidores de mérito excepcional e dotados de um excelente potencial intelectual. Os estudantes do sexo feminino terão também prioridade sobre os do sexo masculino.

Por seu turno, a República da Coreia, através da sua Agência Internacional de Cooperação, oferece também um número limitado de bolsas com uma duração de dois meses. O objectivo destas bolsas é reforçar as capacidades nacionais, permitindo aos candidatos participar numa formação no domínio da educação intitulada “Teacher Training in Basic Education” (Formação de Professores em Educação Básica). A formação decorrera em Seoul, de 1 de Julho a 31 de Agosto de 2008 e só serão admitidos candidatos titulares de uma licenciatura (bacharelato), com idade não superior a 50 anos e que dominem perfeitamente a língua inglesa, já que o ensino é transmitido somente naquela língua. Cada país apenas pode apresentar duas candidaturas até ao dia 30 de Abril de 2008.

A organização internacional “POGO – Partnership for Observation of the Global Oceans” (Parceria para Observação dos Oceanos Globais) anunciou a disponibilização de bolsas para treinamento e reforço das capacidades de observação dos oceanos. Este programa de bolsas da POGO destina-se a cientistas, técnicos, estudantes graduados e candidatos com pós-graduação ou mestrado, envolvidos em actividades oceanográficas dos países em desenvolvimento e países em economia de transição. O prazo para submissão das candidaturas prescreve a 15 de Abril de 2008.

Os detalhes sobre as modalidades e os procedimentos de inscrição podem ser consultados junto do Ministério da Educação, encarregue das relações com a UNESCO, a Comissão Nacional para a UNESCO, bem como da Delegação Permanente da República de Angola junto da UNESCO.

________________________

Para mais informações, favor contactar:

José Luís Mendonça – Adido de Imprensa

Representação Permanente de Angola junto da UNESCO

jl.mendonca@unesco.org

Telefone: 0033 145 682 976

FAX: 0033 145 675 748


Loading. Please wait...

Fotos popular