Pravda.ru

Mundo

29 de Janeiro: Dia da Visibilidade Trans

29.01.2011
 

Governo do Estado lança materiais informativos sobre direitos de travestis e transexuais

Para celebrar o Dia Nacional de Visibilidade Trans (29 de janeiro), o Programa Rio sem Homofobia, executado pela Superintendência de Direitos Individuais Coletivos e Difusos da Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, lançará nesta sexta-feira (28) materiais informativos sobre os direitos civis de travestis e transexuais, que circularão pela web, bares e locais de convivência deste público e também por delegacias, postos de saúde, escolas e outros órgãos.

"O programa Rio sem Homofobia é um conjunto de políticas públicas para combater a homofobia e promover a cidadania LGBT. É importante lembrar que a comunidade de travestis e transexuais é a mais atingida pela intolerância e o ódio. Elas são xingadas, violentadas e carregam um estigma criminoso que deve ser revertido. Neste dia queremos esclarecer que travestis e transexuais também são cidadãs e possuem seus direitos, como todos nós!", enfatiza o superintendente e coordenador do programa Rio sem Homofobia, Cláudio Nascimento.  

Entre março e dezembro de 2010 foram 92 protocolos de atendimento a travestis e transexuais, sendo que aproximadamente 60% (ou 55 protocolos de atendimento) dizem respeito à violência. Os demais estão relacionados, principalmente, com a retificação de registro civil (mudança de nome) e busca por outros direitos.

Informações para a imprensa:
Márcia Vilella | Diego Cotta (SuperDir/Seasdh)
Tels.: 21 2284 2475 | 2234 9621 | 8158 9692

 


Loading. Please wait...

Fotos popular