Pravda.ru

Mundo

Aumenta a pobreza entre crianças na Califórnia

28.07.2015
 
Aumenta a pobreza entre crianças na Califórnia. 22629.jpeg

Três milhões de crianças uniram-se ao segmento dos pobres desde 2008 no estado da Califórnia, Estados Unidos, de acordo com estatísticas citadas pela Fundação Annie E.Casey nesta semana. 

Considerado uma das primeiras economias a nível mundial, o estado enfrenta um alarmante problema: há mais crianças vivendo na pobreza que durante a recessão econômica de 2008-2009, refletem os dados do relatório chamado Kids Count Data Book 2015.

Situação de penúria

Desde 2008, o número de crianças vivendo em situação de penúria aumentou quase três milhões na Califórnia, de 13,2 milhões a 16,1 milhões.

As estatísticas pontuam que em 2013, uma a cada quatro crianças (18,7 milhões) vivia em famílias nas quais há um adulto com emprego em tempo integral, mas que não atinge as despesas básicas.

Laura Speer, diretora associada para a reforma política e a advocacia da Fundação Casey opinou que as médias nacionais revelam a crua realidade: milhões de crianças, particularmente negros, latinos e índios americanos, vivem à margem, em uma situação de carência.

Dados do governo da chamada ensaladeira dos estadunidenses sustentam que mais da metade das famílias hispanas, 51%, estão dentro dos parâmetros federais de insegurança alimentar.

Uma análise da organização United Ways sustenta que um dos problemas que mais incide é o elevado preço da moradia no chamado Estado Dourado.

Estas famílias têm dificuldades a cada mês para suprir suas necessidades básicas devido aos altos custos de viver na Califórnia, disse aos meios de imprensa Bryan Ha, representante da United Ways no condado de Kern, que tem uma população hispana de cerca de 51% segundo o escritório do Censo.

39 milhões de pobres

Um estudo da United Ways situa o número de pobres no estado em 39 milhões, quando se aplica uma variável denominada Medida do Custo Real.

Isso faz com que 40% dos lares negros, 2% dos asiáticos e 20% dos brancos não latinos, sejam também considerados dentro da qualificação de pobreza.

A pesquisa encontrou também que de acordo com os custos reais da Califórnia, o orçamento anual para uma família de dois adultos e duas crianças deve ser de US$ 64.429, cifra superior aos US$ 28 mil que ganham duas pessoas trabalhando em tempo integral com um pagamento de salário mínimo e recebendo os subsídios do governo.

Cartum de Monte Wolverton, para o Los Angeles Daily News

Fonte: Diário Liberdade

http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=128482b5773c09ed87e7630fd24d9e6f&cod=15655


Loading. Please wait...

Fotos popular