Pravda.ru

Mundo

Nepal: Vence a democracia

28.04.2006
 
Nepal: Vence a democracia

No dia 24 de Abril, Rei Gyanendra de Nepal reconvocou o parlamento para tentar colocar fim a três semanas de violentos protestos em que 14 pessoas perderam a vida. No entanto, o novo Primeiro Ministro, Girija Prasad Koirala, não pode tomar posse na quinta-feira devido a problemas de saúde.

O estado de saúde do político veterano escolhido pelo Rei para formar um novo governo e para re-escrever a Constituição, numa tentativa de manter a monarquia constitucional neste reino do topo das Himalaias, é considerado grave demais para a tomada de posse mas a sua infecção pulmonar não é perigoso, de acordo com seus médicos.

Girija Prasad Koirala, 85, é o candidato de consenso, depois de ter sido aprovado por sete partidos. É líder (Secretário-Geral) do Partido de Congresso de Nepal e foi Primeiro Ministro três vezes. Grande campeão da democracia, foi líder sindical e foi preso nos anos 60 pela sua luta a favor da democracia e nos anos 90, lutou contra os poderes autocráticos do Rei Birendra, irmão de Gyanendra.

Girija Prasad Koirala foi Primeiro Ministro na altura do assassínio de Rei Birendra e nova membros da Família Real pelo seu filho Dipendra. Sua perícia em liderar a nação nuam altura de grande instabilidade e sua posição centrista coloca-o como o candidato em que a maioria sente mais segurança.

Assim o Parlamento é reconvocado depois de ser suspenso em Maio de 2002 por ter recusado a prolongar o estado de emergência que dava poderes especiais ao Rei Gyanendra para lutar contra os rebeldes maoistas. Estes continuam a existir e a perícia com que o novo executivo aborda a questão ditará se ou senão o Nepal permanecerá como monarquia por muito mais tempo.

Para muitos, quanto menos o Rei aparecer e quanto mais calado ele for, mais hipóteses tem de se manter no Palácio de Narayanhity em Catmandú.

Shailendra XAVIER

PRAVDA.Ru

INDIA


Loading. Please wait...

Fotos popular