Pravda.ru

Mundo

Argentina apanha da pobreza, uma em cada três crianças passa fome

27.08.2019
 
Argentina apanha da pobreza, uma em cada três crianças passa fome. 31618.jpeg

Argentina apanha da pobreza, uma em cada três crianças passa fome

Buenos Aires, 27 ago (Prensa Latina) Um recente relatório revela hoje que a pobreza bate forte na Argentina principalmente nos menores, com pelo menos uma em cada três crianças na província de Buenos Aires passando fome.

Segundo o novo estudo do Observatório da Dívida Social Argentina da Universidade Católica, a insegurança alimentar severa, junto com a cobertura de alimentação gratuita, experimentou um forte incremento no último período interanual (2017-2018), tanto para o total de crinças e adolescentes no país, como no chamado conurbano bonaerense.

O relatório técnico, titulado 'Água segura e alimentação, direitos pendentes de serem garantidos', foi resultado de um estudo levado a cabo no marco do convênio de colaboração com a Defensoria do Povo da Província de Buenos Aires.

No caso dos menores dessa província, com maior quantidade de habitantes na Argentina, apresentam grandes desvantagens em matéria de segurança alimentar, comparando com a média nacional, segundo diferentes fatores sociais.

As crianças com déficits graves no acesso a alimentação se veem concentradas em moradias em situações de pobreza (79%), são moradoras de bairros informais (63%) e localizados principalmente na zona oeste do conurbano (44%), detalha o estudo.

A falta de nutrientes essenciais também é outro dos fenômenos que afeta as crianças deste país e em particular na província de Buenos Aires, onde os menores são os mais afetados, o que impacta seu desenvolvimento físico e cognitivo.

No meio da crise econômica que o país arrasta nos últimos meses, o relatório destaca que muitos também sofrem de déficit de acesso a água tratada.

Por outro lado, o estudo, no qual trabalharam vários especialistas, revela que das crianças e adolescentes da chamada Grande Buenos Aires que sofrem de insegurança alimentar severa, cerca de 44% não recebe nenhum tipo de assistência alimentar, o que deixa evidente que não são suficientes as políticas de ajuda alimentar direta e precisam de maior escala.

http://www.patrialatina.com.br/argentina-apanha-da-pobreza-uma-em-cada-tres-criancas-passa-fome/

 


Loading. Please wait...

Fotos popular