Pravda.ru

Mundo

Irã lançou um balão espacial

26.02.2007
 
Irã lançou um balão espacial

O Irã anunciou este domingo (25) ter testado com êxito seu primeiro foguete espacial, não tripulado, informou TV estatal, sem dar os detalhes sobre seu alcance e potência. ‘‘O primeiro foguete espacial foi enviado ao espaço com êxito’’, afirmou a rede estatal.

Mas segundo o ministério da Defesa da Rússia, os sistemas de observação russos não detectaram nenhum lançamento do territórrio iraniano, cita o jornal Kommersant uma fonte do ministério.

Trata-se segundo a fonte de umas acões de Teerã com objetivo de assustar a comunidade mundial quanto a uma perspectiva de criação de um míssil balístico intercontinental .

Este anúncio surge numa altura tensa das relações do Irã com a comunidade internacional, devida a recusa do país em suspender as operações de enriquecimento de urânio, apesar de Teerã reafirmar que o seu programa nuclear se destina apenas à produção de energia.

 Foguete

‘‘O foguete conta com materiais de pesquisa fabricados pelos ministérios da Defesa e da Ciência’’, declarou Mohsen Bahrami, chefe do centro iraniano de pesquisa aeroespacial. Segundo ele, ‘‘todas os testes foram realizados em unidades industriais iranianas segundo as normas internacionais’’.

‘‘A montagem do foguete (...) foi feita por especialistas do Centro de Pesquisa Aeroespacial e do Centro de Engenharia do Ministério da Agricultura’’, garantiu. Trata-se do primeiro grande passo com relação à ambição iraniana de pôr satélites no espaço de fabricação nacional transportados por foguetes iranianos.

Nos últimos anos, o Irã vem se esforçando para desenvolver um jovem programa espacial, graças ao qual já enviou um satélite iraniano fabricado na Rússia e posto em órbita por um foguete russo em outubro de 2005. Esse satélite, chamado Sina-1, foi o seu primeiro e até agora o único teste de lançamento ao espaço.

A imprensa iraniana o descreveu na época como um satélite destinado à pesquisa e às telecomunicações. O passo seguinte é a construção e lançamento de vários aparelhos nos próximos três anos.

 Pravda com Agências


Loading. Please wait...

Fotos popular