Pravda.ru

Mundo

Novo ataque à esperança de paz em Colômbia

25.11.2018
 
Novo ataque à esperança de paz em Colômbia. 29955.jpeg

21 de novembro recebemos a triste notícia do assassinato de dois de nossos camaradas em processo de reincorporação. O primeiro é Sebastián Coy Rincón, quem pertencia ao ETCR Mariana Páez, localizado no estado do Meta, cujo corpo foi encontrado na zona rural do município de Uribe no estado do Meta, após ter sido dado como desaparecido no dia 15 deste mês; em circunstâncias similares foi encontrado o corpo sem vida de Ángel Aleyser Melendez na vereda El Tablón do município de Leiva Nariño. Com esses dois assassinatos ascendemos ao doloroso número de 84 camaradas assassinados depois da firma do Acordo Final.


De acordo com a informação fornecida por moradores dessas duas regiões do país, no caso de Sebastián Coy, o fato ocorreu nas proximidades do lugar onde se encontravam acampados integrantes do Exército Nacional que operam no estado do Meta; em relação a Ángel Melendez chama a atenção que, apesar das reiteradas denúncias de organizações sociais, as estruturas criminais seguem se fortalecendo no estado de Nariño.


Desde o dia 6 próximo passado solicitamos ao presidente Duque uma reunião a fim de pôr sobre a mesa ações reais e concretas para brindar garantias de segurança e proteção efetivas para os que fomos subscritores do Acordo e os milhares de líderes [homens e mulheres] sociais que realizam sua atividade nos territórios; no entanto, até o momento não recebemos nenhuma resposta à referida solicitação; pelo contrário, vemos como se lhe retira preponderância à institucionalidade encarregada de gerar os planos de luta contra o paramilitarismo e brindar garantias de proteção em coerência com o disposto no Acordo.


Ante esta realidade, solicitamos de imediato a intervenção da comunidade internacional, especialmente aos países garantidores, a fim de demandar do Estado Colombiano a obrigatoriedade do Acordo firmado por ambas partes, não vamos permitir que se continue arrebatando a vida dos construtores de Paz enquanto as estruturas paramilitares se fortalecem em territórios "Consolidados" pelo governo nacional.


Conselho Político Nacional
Força Alternativa Revolucionária do Comum
22 de Novembro de 2018
Tradução > Joaquim Lisboa Neto

 


Loading. Please wait...

Fotos popular