Pravda.ru

Mundo

Terroristas alugaram o carro em Porto e o explodiram em Espanhã

24.08.2007
 
Terroristas alugaram o carro em Porto e o explodiram em Espanhã

Um carro-bomba explodiu na madrugada desta sexta-feira, 24, em frente ao quartel da Guarda Civil na localidade de Durango, na província de Vizcaya, no norte da Espanha, deixando dois polícias feridos, informa a imprensa espanhola.

 A bomba era composta por 70 a 100 quilos de explosivo, segundo as autoridades locais A imprensa e as autoridades atribuem a responsabilidade do ataque à ETA.

A explosão aconteceu por volta das 3h30 doo horário local e também causou vários danos materiais.

 Os dois feridos foram levados ao hospital de Galdakano, na mesma província.

Uma hora mais tarde um outro veículo explodiu na localidade vizinha de Amorebieta sem provocar vítimas. Ao que tudo indica será o carro utilizado pelos autores do atentado de Durango para fugirem.

Segundo O Público, o carro último foi alugado através de uma empresa de “rent a car” de Quarteira, no Algarve, e levantado no Porto, há cerca de três meses. A viatura acabaria por não ser devolvida e o desaparecimento foi participado às autoridades.

O fato poderá confirmar os receios da polícia espanhola de que a ETA se implantou em Portugal, uma ideia reforçada pela descoberta junto à fronteira de Aiamonte em Junho de um veículo com 130 quilos de explosivos


Loading. Please wait...

Fotos popular