Pravda.ru

Mundo

Ultimato da Brigada da Santa Jihad

24.08.2006
 
Ultimato da Brigada da Santa Jihad

Um vídeo  divulgado ontem apresentou as primeiras imagens dos dois jornalistas da Fox News raptados no dia 14 de Agosto em Gaza. O correspondente Steve Centanni, americano de 60 anos, e o câmera Olaf Wiig, neozelandês de 36, foram capturados momentos após estacionar seu carro diante do seu hotel, no litoral da Cidade de Gaza. 

 Com as imagens, um grupo até agora desconhecido, a Brigada da Santa Jihad, reivindicou o sequestro e deixou um ultimato. A administração norte-americana tem 72 horas para libertar todos os prisioneiros muçulmanos detidos nos Estados Unidos em troca de Wiig e Centanni.


Washington ontem rejeita ceder ao terrorismo e exigiu a libertação imediata dos dois jornalistas.


A primeira-ministra da Nova Zelândia, Helen Clark, disse hoje que está satisfeita com a divulgação de um vídeo mostrando os dois jornalistas da Fox seqüestrados em Gaza porque é a prova de que eles estão vivos, mas acrescentou que não negociará com seus seqüestradores.

 Clark informou que um alto funcionário policial da Nova Zelândia foi hoje a Gaza para se unir à equipe que trabalha para conseguir a libertação de Wiig e Centanni.

"Não vamos participar de negociações com ninguém, mas sim ajudar nossos diplomatas a decidir como atuar", afirmou a primeira-ministra, garantindo que a Nova Zelândia não vai cumprir as condições impostas pelos seqüestradores.

Clark acrescentou que a Autoridade Nacional Palestina (ANP) "está ajudando e apoiando muito, e seu trabalho continua sendo a maior esperança de libertação dos dois homens.

 


Loading. Please wait...

Fotos popular