Pravda.ru

Mundo

Turquia rejeita negociações com Partido dos Trabalhadpres Curdos

23.10.2007
 
Turquia rejeita negociações com Partido dos Trabalhadpres Curdos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia, Ali Babacan, anunciou a rejeição de um cessar- fogo unilateral proposto pelos guerrilheiros curdos que se encontram no território no Norte de Iraque . O ministro está em Bagdá, onde teve um encontro com o governo iraquiana que prometerá apoio nas conversações com  os separatistas do Partido dos Trabalhadpres Curdos (PKK).

Babacan esclareceu que a suposta proposta de cessar-fogo não teria efeito pois ela só é possível entre “ Estados e forças regulares. O problema é que estamos lidando com uma organização terrorista”, segundo noticiou CNN.

Segundo Reuters os soldados da Turquia podem entrar no norte do Iraque em busca de rebeldes curdos "a qualquer momento" segundo os termos de uma autorização do Parlamento, afirmou nesta terça-feira o primeiro-ministro Tayyip Erdogan.

"Neste momento, estamos em compasso de espera, mas o Iraque deveria saber que podemos usar a autorização (parlamentar) para uma operação através da fronteira a qualquer momento", disse Erdogan em entrevista a jornalistas em Londres, ao lado do premiê britânico, Gordon Brown.

Na semana passada, o Parlamento turco deu permissão às tropas do país para conduzir incursões no norte do Iraque, mas o governo de Erdogan já assinalou que ainda tentará resolver o conflito com rebeldes separatistas pelos canais diplomáticos


Loading. Please wait...

Fotos popular