Pravda.ru

Mundo

Senador americano admite o fracasso dos EUA na Síria

23.05.2014
 
Senador americano admite o fracasso dos EUA na Síria. 20356.jpeg

O senador John McCain, reconheceu que o presidente sírio, Bashar al-Assad tem feito progressos na luta contra grupos terroristas apoiados pelo exterior, depois de confessar que a política dos EUA na Síria está a fracassando.

As declarações do senador estadunidense foram durante uma entrevista com o Instituto de Investigação de "Middle East", quando afirmou que o governo de Damasco em sua luta contra os grupos terroristas, é considerado o vencedor principal da questão síria.

Segundo ele, os EUA não teve qualquer prática para concluir os enfrentamentos na Síria, e assim, propiciou a vitória do governo Al-Assad, afirmou McCain, criticando as políticas do governo do presidente Barack Obama.

"Obama prometeu atacar a Síria por suas armas químicas, mas não cumpriu a sua promessa", disse o senador conservador a uma pergunta sobre as causas do cancelamento de uma possível guerra dos EUA contra a Síria.

McCain enfatizou que o governo dos EUA deve continuar as suas medidas em patrocinar e apoiar os grupos terroristas que operam na Síria, incluindo o Exército Sírio Livre, a fim de atingir os seus objetivos no país árabe.

Após mais de três anos desde o início do conflito armado na Síria, grupos terroristas, apesar de receber o apoio maciço de vários países estrangeiros, e principalmente dos EUA, não conseguiram atingir a meta de seus patrocinadores, ou seja, terminando acabar com o governo do presidente Al-Assad.

Congresso dos EUA também aprovou em diferentes ocasiões o fornecimento de mais armas pelos Estados Unidos para os mercenários na Síria.

Além disso, os órgãos de inteligência norte americanos alertou que o apoio em armamentos aos grupos armados na Síria aos extremistas que combatiam al Assad está se preparando para lançar ataques contra EUA.

 

Da redação do Irã News, com informações do Hispan TV

 

 

 

http://www.iranews.com.br/noticia/12160/senador-americano-admite-o-fracasso-dos-eua-na-siria

 


Loading. Please wait...

Fotos popular