Pravda.ru

Mundo

Guerrilha colombiana do ELN nega ser responsável do sequestro dos portugueses

22.08.2007
 
Guerrilha colombiana do ELN nega ser responsável do sequestro dos portugueses

A guerrilha colombiana do ELN( Exército de Libertação Nacional) negou ser resposável do sequestro na Venezuela de duas crianças portuguesas , uma venezuelana e um empresário venezuelano, segundo AFP.

“ Nada temos que ver com o sequestro e temos a disposição para apontar em que está a nosso alcance para conhecer a verdade ” , disse o documento firmado pelo comando central do grupo rebelde.

 Entetanto segundo a Lusa , a polícia venezuelana estendeu desde ontem (21) a quatro Estados, as buscas para encontrar sequestrados desde 12 de Agosto.

Segundo uma fonte policial, além do Estado de Táchira, os serviços secretos venezuelanos procuram  os reféns em zonas montanhosas dos Estados de Apure (a Sul de Táchira), Barinas (Leste) e Portuguesa, a Nordeste da zona onde foram sequestrados.

Por outro lado, nas últimas horas, um contingente de 100 oficiais do exército venezuelano juntou-se às operações de busca da "equipa multidisciplinar".


O sequestro ocorreu quando o grupo d quatro pessoas regressava de um passeio, durante o fim-de-semana, à Barragem de Uribante-Caparo.


Loading. Please wait...

Fotos popular