Pravda.ru

Mundo

Venezuela promove programa beneficente em Londres

21.02.2007
 
Venezuela promove programa beneficente em Londres

O prefeito de Londres, Ken Livingstone e a estatal venezuelana Petróleos de Venezuela (PDVSA) assinaram ontem (20) um acordo   por meio do qual a capital britânica comprará combustíveis mais baratos da Venezuela para abastecer os ônibus que servem a cidade.

Livingstone disse que a meta de seu governo é reduzir em 20% os gastos com combustível no sistema público de transportes, , de acordo com Agência Estado.

"Isso partiu de uma sugestão do presidente (da Venezuela) Hugo Chávez e incrementa o trabalho que ele vem fazendo ao redor do mundo para combater o problema da pobreza", declarou Livingstone.

A economia em combustível deverá resultar na redução das tarifas de ônibus em até 50% para os cerca de 250 mil londrinos inscritos num programa de auxílio de renda da prefeitura.

No ano passado, Chávez visitou Livingstone em Londres. Na ocasião, os dois trabalharam no acordo para o fornecimento de petróleo mais barato. Em contrapartida, a prefeitura de Londres auxiliará o governo venezuelano em programas de segurança, turismo, transporte, habitação e aterros sanitários.

 O presidente da PDVSA para a Europa, Alejandro Granados, frisou que esta colaboração é conveniente por sua "complementaridade", já que Caracas é "muito rica" em recursos energéticos e Londres tem uma ampla experiência na gestão de serviços de infra-estrutura.  

Esta não é a primeira vez que a Venezuela promove programas para reduzir o impacto dos preços energéticos nas camadas menos favorecidas. Chávez já pôs em prática um projeto parecido nos Estados Unidos, apesar da tensa relação entre os dois países.

Em dezembro de 2005, a Venezuela fez a primeira entrega de petróleo a baixo custo para famílias pobres dos EUA, começando pelo Bronx, reduto hispânico e um dos bairros mais pobres de Nova Yorque.


Loading. Please wait...

Fotos popular