Pravda.ru

Mundo

Farc libertam três reféns

19.12.2007
 
Farc libertam três reféns

A guerrilha colombiana as Farc comunicaram ontem (18) que entregarão ao presidente venezuelano Hugo Chávez pelo menos três reféns , entre eles está Clara Rojas, seqüestrada junto a Ingrid Betancourt em fevereiro de 2002 e seu filho nascido em cativeiro, segundo comunicado publicado pela agência cubana Prensa Latina. As Farc explicam que a libertação dos reféns será um "gesto de desagravo" ao presidente venezuelano, Hugo Chávez. O presidente francês Nicolas Sarkozy já saudou a decisão.

"A ordem para libertar os reféns já foi dada", anunciou a agência estatal de notícias cubana, que afirmou que o texto está assinado pelo Secretariado das Farc e precisa que junto com Clara serão libertados seu filho Emmanuel e a ex-congressista Consuelo González.


De acordo com a Prensa Latina, o grupo insurgente mencionou em seu comunicado a "afronta" feita aos familiares dos reféns, a Chávez e a senadora Piedad Córdoba, fazendo referência ao fim da mediação dos dois últimos, decretado em 21 de novembro pelo presidente colombiano Alvaro Uribe.

Clara Rojas, seu filho e Consuela González serão entregues ao presidente Chávez "ou à pessoa que ele escolher", segundo o comunicado divulgado pela Prensa Latina. As Farc qualificaram a decisão de Uribe de "barbárie diplomática" contra o governo e o povo da Venezuela. Este ato "também foi uma afronta ao presidente da França, Nicolas Sarkozy, aos presidentes latino-americanos solidários com a mediação e às famílias dos prisioneiros de guerra das duas partes", acrescentou o movimento guerrilheiro.


O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse ter recebido comunicado da guerrilha das Farc, no qual o grupo anuncia ter ordenado a libertação de três reféns. "Já estava ciente de que poderia ocorrer a libertação de um grupo de pessoas", disse Chávez em Montevidéu. "Isto parece um bom presente de natal, especialmente para os familiares destas pessoas".


Consuelo González foi seqüestrada às vésperas do atentado contra as Torres Gêmeas em Nova York, em setembro de 2001. O Governo colombiano recebeu ontem  do embaixador de Cuba na Colômbia, José Pérez Novoa, a informação do grupo guerrilheiro.

No comunicado, as Farc insistem na desmilitarização dos municípios de Florida e Pradera, no departamento do Vale do Cauca, por 45 dias, para negociar uma troca humanitária entre 45 seqüestrados e 500 insurgentes presos.


Loading. Please wait...

Fotos popular