Pravda.ru

Mundo

Nepal aquece

19.04.2006
 
Nepal aquece

Mais dois manifestantes foram mortos hoje pela polícia nepalesa, trazendo o total a oito em duas semanas de protestos

Há duas semanas cada vez mais manifestantes da oposição política ao Rei Gyanendra tomam as ruas de Nepal, reclamando contra a falta de democracia no país. O apelo pelo diálogo do rei parece não ter tido qualquer efeito.

A voz da oposição está unida contra o regime autocrático do Rei: querem por fim ao sistema em que o país é governado directamente pelo Palácio em Catmandú.

Os protestos se tornam cada vez mais violentos, pelo que as autoridades estão a ficar cada vez mais desesperados. Os incidentes de hoje aconteceram quando as autoridades abriram fogo contra uma multidão no distrito de Jhapa, Chandragardi.

O líder do Partido Comunista do Nepal (UML), Madhav Kumar e outro figura da oposição ao rei, Chandra Poudel do Congresso de Nepal, foram libertados como gesto de boa vontade, porém as oito mortes servirão só para exacerbar ainda mais os ânimos.

Índia está a enviar Karan Singh um diplomata que vai comunicar as preocupações de Nova Deli por causa da instabilidade no Nepal e das medidas draconianas adoptadas pelas autoridades.

Shailendra XAVIER

PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular