Pravda.ru

Mundo

Semana de palestras em Salvador com embaixador da Coreia do Norte e ministro venezuelano

18.09.2017
 
Semana de palestras em Salvador com embaixador da Coreia do Norte e ministro venezuelano. 27331.jpeg

Semana de palestras em Salvador com embaixador da Coreia do Norte e ministro venezuelano

Pátria Latina e as Universidades Unijorge, UFBA e Rui Barbosa, promovem durante essa semana um ciclo de palestras, começando pelo embaixador da Coreia do Norte, Kim Chol Hak que falara para estudantes da Unijorge as 09 da manha desta segunda-feira (18) no auditório do campus da Paralela, sobre a política externa da Coreia do Norte para o século 21.

Na manhã de terça dia 19 às 09 horas da manhã, será a vez da Venezuela com os palestrantes Gerado Maldonado, Ministro Conselheiro da embaixada da Venezuela no Brasil e o jornalista Beto Almeida, um dos fundadores da Telesur e diretor da TV no Brasil.

Ambos falarão sobre o que está por trás da crise que assola a Venezuela.

No mesmo dia às 19 horas acontecerá no auditório da faculdade de Direito da UFBA, uma palestra com o mesmo tema e no dia 20 às 09h30min será a vez dos estudantes da Universidade Rui Barbosa no auditório do campus do Rio Vermelho, debaterem com os palestrantes a crise pelo qual passa o país vizinho.

Segundo os professores da Unijorge, Jorge Matheus , coordenador do bacharelando do curso de Relações Internacionais e da professora de Direito Internacional , Juliet Rofichez, as palestras serão uma grande oportunidade para se discutir aspectos políticos, econômicos e sociais da crise venezuelana e da Coreia do Norte.

Para o mês de outubro o ciclo de palestras continuará com o embaixador do Sahara Ocidental, país que ficou independente da Espanha em 14 de novembro de 1975 e que logo após a saída dos espanhóis, foi invadido pelo Marrocos que se apossou do país e lá está até hoje com o beneplácito da ONU e de toda comunidade internacional.

Em 1960, a ONU adotou a resolução 1514, que estabelece que todos os povos têm direito à autodeterminação e que o colonialismo devia ser conduzido a um final rápido e incondicional. Meio século depois, os leitores podem surpreender-se ao inteirar-se de que ainda existem no mundo mais de uma dezena de territórios que ainda esperam conseguir a descolonização. No Sahara Ocidental, Marrocos continua explorando as riquezas do país e tratando o sahaurianos da mesma maneira que Israel vem fazendo com os palestinos.

As palestras sobre Cuba ficarão a cargo de Laura Pujol, Consul Geral de Cuba na Bahia e toda região Nordeste que abordará sobre o bloqueio norte americano contra a ilha caribenha e que já dura mais de meio século.

in

 


Loading. Please wait...

Fotos popular