Pravda.ru

Mundo

Wolfowitz aceitou demitir-se

18.05.2007
 
Wolfowitz aceitou demitir-se

O presidente do Banco Mundial, Paul Wolfowitz, aceitou esta quinta-feira(17) demitir-se do cargo a 30 de Junho, no seguimento de um acordo alcançado com o conselho de administração da instituição.

A decisão foi anunciada num comunicado da direcção do banco, que vai imediatamente começar a procurar um sucessor.

O conselho de administração acrescentou que "aceitou" as garantias dadas pelo presidente demissionário, acusado de nepotismo, de que agiu "com ética e de boa-fé" ao ordenar pessoal o aumento salaria da funcionária do banco, Shaha Riza.

Em comunicado, a Casa Branca já lamentou a saída de Paul Wolfowitz, sublinhando que "preferiria que se mantivesse no cargo", mas anunciou que "irá designar em breve um candidato à sua sucessão".

Na origem desta saída está um escândalo que remonta a 2005 , quando Wolfowitz promoveu e aumentou o salário de Riza que é também a sua enamorada.

 Foi o próprio Paul Wolfowitz quem avisou as instâncias dirigentes da instituição da ligação que o une a Shaha Riza no momento em que chegou à presidência do Banco Mundial, em Junho de 2005.


Loading. Please wait...

Fotos popular