Pravda.ru

Mundo

10º Congresso do PC do Vietname

18.04.2006
 
10º Congresso do PC do Vietname

O 10º Congresso do Partido Comunista do Vietname (PCV), começou hoje em Hanói, para analisar durante oito dias o trabalho do último quinquénio, as tarefas para o período 2006 - 2010 e para eleger os seus órgaos de direcção.

O primeiro dia foi marcado pela leitura do relatório do comité central, a cargo do secretário-geral Nong Duc Manh, que sublinhou os êxitos do país e apontou a necessidade de reforçar o trabalho ideológico e de combater a corrupção.

O extenso relatório relevou o crescimento médio anual de 7,5% conseguido durante 2001 - 2005 e a utilização positiva do desenvolvimento económico para solucionar problemas sociais, especialmente a eliminação da fome e o alívio da pobreza.

À abertura do congresso assistiram quase mil e duzentos delegados, além dos convidados, entre os quais se encontravam alguns antigos dirigentes do partido e do Estado, e figuras como o lendário general Vo Nguyen Giap, héroi do Vietname.

Os delegados discutiram até ao dia 25 de Abril o teor dos documentos preparados pelo Comité Central do partido, avaliaram os 20 anos de renovação, aprovaram os objectivos para a próxima década e traçaram as orientações para combater os fenómenos negativos.

O título do relatório do Comité Central é significativo: Elevar a liderança e a combatividade do partido, desenvolver a força de toda a nação, impulsionar integralmente o processo de renovação e retirar o país do estádio de subdesenvolvimento.

O líder vietnamita sublinhou que "durante os últimos 20 anos, o processo de renovação do nosso país, graças aos grandes esforços de todo o partido, do povo e do exército, alcançou êxitos destacados e historicamente significativos.

No entanto, Nong Duc Manh apontou que num segmento de responsáveis e de funcionários foi muito séria "a degradação da ideologia política, da ética, do estilo de vida, do oportunismo, da burocracia e da corrupção".

Sublinhou que é necessário reforçar a prevenção e a luta contra a corrupção, para assegurar uma direcção limpa, estável e forte, e vencer este fenómeno, que disse ser um dos grandes riscos que ameaçam a existência do regime.

Também afirmou que a muitos organismo de base lhes falta capacidade combativa, a educação ideológica carece de persuação, o trabalho teórico tem carências, e que houve pouca qualidade no trabalho de supervisão e de inspecção.

O Relatório do Comité Central reiterou o objectivo de o país se tornar uma nação industrializada e moderna em 2020, e a sua determinação de multiplicar 2,1 vezes o Produto Interno Bruto (PIB) do Vietname em 2010 relativamente ao ano 2000.

Em relação à política externa, o PCV anunciou que seguirá uma linha de independência, paz, cooperação e desenvolvimento, e uma política de abertura, multilateralismo e diversificação das relações internacionais.

As tarefas nas relações externas, concluiu, são manter um ambiente de paz e criar condições favoráveis ao processo de renovação, ao desenvolvimento económico, à industrialização e à modernização.

Julio Hernandez (Prensa Latina)

Tradução de Luís Carvalho (PRAVDA.Ru)


Loading. Please wait...

Fotos popular