Pravda.ru

Mundo

Declarações do G8

17.07.2006
 
Declarações do G8

O G8 na cúpula em São Petersburgo aprovou uma declaração sobre o combate ao terrorismo. O documento comporta um plano de medidas a adotar para garantir a segurança nas mais importantes instalações da infra-estrutura energética mundial.

 Nessa declaração, os oito dirigentes acentuaram a extrema necessidade de ampliar a cooperação para fazer frente às ações terroristas e demais atentados criminosos aos elementos decisivos do setor energético. O G8 emitiu também declarações em relação aos três temas principais do fórum, denominadas “Segurança Energática Global”, “Ensino para as Sociedades Inovadoras no Século XXI” e “Batalha contra as Doenças Infeciosas”.

As Partes convieram em que para alcançar segurança energética global é necessário resolver o problema dos preços do petróleo e o problema da dependência de muitos países em relação à importação de combustíveis. Foi decidido colaborar nos segmentos da educação e promoção da sociedade inovadora. Os oito dirigentes nacionais apoiaram a proposta da Rússia para que seja instalado no seu território um centro da Organização Mundial da Saúde especializado em combate à “gripe aviária”.

Foram aprovados a título adicional quatro documentos sobre a luta contra a corrução e a pirataria inteletual, assim como sobre o comércio e impulsos ao desenvolvimento dos países africanos. No domingo, o G8 realizou duas sessões de trabalho.

Representantes de várias organizações não governamentais julgam que na cimeira do G8 em São Petersburgo lhes foi concedida uma boa oportunidade para manifestar sua posição em relação aos problemas mais importantes. O Governo da Rússia acolheu-nos com hospitalidade, foi-nos proporcionado acesso às instalações e pudemos levar as idéias que nos preocupam ao conhecimento dos presentes na cúpula e jornalistas – declarou na coletiva de imprensa convocada nas imediações de São Petersburgo o porta-voz da organização internacional “Oxfam”.

 Enquanto isso, os antiglobalistas consideram que as oito maiores potências não dão a devida atenção à necessidade de erradicar a pobreza no planeta. O pessoal do Centro de Imprensa da cimeira credenciou umas dezenas de organizações não governamentais, as quais realizam sessões informativas e outras ações sem quaisquer restrições.


Loading. Please wait...

Fotos popular