Pravda.ru

Mundo

Comandante das FARC "Timochenko" chega a Colômbia para X Conferência Guerrilheira

16.09.2016
 
Comandante das FARC

Comandante das FARC "Timochenko" chega a Colômbia para X Conferência Guerrilheira

O líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia-Exército do Povo [FARC-EP], Rodrigo Londoño Echeverri, conhecido como "Timochenko", chegou a Colômbia para participar na X Conferência Nacional Guerrilheira, na qual se aprovará o acordo de paz alcançado na Mesa de Diálogos com o Governo de Juan Manuel Santos.

Resumen Latinoamericano/ 13 de Setembro 2016.- Os membros da insurgência chegaram a Colômbia a bordo de aeronaves do Comitê Internacional da Cruz Vermelha [CICV]. | Foto: Captura YouTube

  • O chefe guerrilheiro chegou em companhía de outros membros das FARC-EP, entre eles"Pastor Alape" y "Ricardo Téllez".

O líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia-Exército do Povo [FARC-EP], Rodrigo Londoño Echeverri, conhecido como "Timochenko", chegou a Colômbia para participar na X Conferência Nacional Guerrilheira, na qual se aprovará o acordo de paz alcançado na Mesa de Diálogos com o Governo de Juan Manuel Santos.

"Cada congresso tem sua característica, esta pelo momento tem uma importância relevante, tudo o que estamos fazendo agora vai nos ajudar muito para avançar na busca dos objetivos que temos", disse Timochenko ao aterrissar em seu país.

Junto ao líder insurgente chegaram à Colômbia outros membros do Secretariado [mando] das FARC-EP como "Pastor Alape" [Félix Antonio Muñoz] e Rodrigo Granda, conhecido como "Ricardo Téllez", assim como vários que participarão neste evento e que se encontravam em Havana, sede dos Diálogos de Paz.

Alape destacou o caráter da conferência, devido ao fato de que nas nove anteriores "se falava de planos em projeção para a guerra", enquanto que neste caso "se estão articulando processos e iniciativas para a paz".

Segundo se pode observar nas imagens que circulam nos meios de comunicação, os membros da insurgência chegaram à Colômbia a bordo de aeronaves do Comitê Internacional da Cruz Vermelha [CICV].

O Governo colombiano e as FARC-EP rubricaram um acordo de paz no passado 24 de agosto após quase quatro anos de negociações em Havana, o qual será firmado de maneira definitiva no próximo 26 de setembro num ato solene que se celebrará em Cartagena de Índias.

Depois disto, o pacto será submetido a consulta popular num plebiscito que se celebrará a 2 de outubro.

 

Em contexto

A Conferência Nacional de Guerrilheiros é a máxima instância das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia-Exército do Povo [FARC-EP]. As conclusões são geradas sob o princípio de centralismo democrático que regem sua atividade política e militar.

 

A X Conferência se celebrará entre 17 e 23 de setembro nas Planícies do Yarí, uma zona situada entre os estados do Caquetá e Meta [sul].

 

Que é a Conferência Nacional de Guerrilheiros em Colômbia?

 

As FARC-EP comandadas por Manuel Marulanda e Jacobo Arenas se constituíram na segunda Conferência Nacional, de 1966. | Foto: Arquivo

Durante a Conferência, o Estado-Maior Central do corpo insurgente define as políticas que a organização seguirá para alcançar os objetivos projetados num prazo determinado.

Na primeira Conferência Nacional [1965], a organização nascente recebeu o nome de "Bloco Sul", por estar situada ao sul do estado de Tolima. A linha de ação se enfocou no campo militar e o referente à propaganda política, educação e organização para garantir a perenidade do movimento.

A segunda Conferência Nacional [1966] se fez na região de Duda, estado do Meta, onde se constituíram as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia-Exército do Povo [FARC-EP], compostas por seis blocos e comandadas por Manuel Marulanda e Jacobo Arenas.

Para a terceira e quarta Conferência Nacional se criou a Escola Nacional de Formação Ideológica para o Estudo da "Guerra Preventiva" e da guerra do povo, na qual se apresenta um balanço geral que incluiu um reajuste do Estado-Maior do mando. Em sua quinta e sexta Conferência Nacional [1974-1978] foram criados os regulamentos disciplinares e normas de comando que regeriam o curso das FARC-EP; também ficou constituído o Secretariado do Estado-Maior Central.

O movimento se converte em FARC-EP em sua sétima e oitava Conferência Nacional. Na de 1983, realizada em Cundinamarca, se traçou o plano estratégico para a tomada de poder; se aprovou a declaração política "Novo Governo para alcançar a Paz", que incluía a plataforma para um governo de reconciliação e reconstrução e o programa agrário dos guerrilheiros.

Em sua última e nona Conferência Nacional, em 2007, se continuou o desenvolvimento dos planos estratégicos e se aprofundou a ação política clandestina e a resistência à presença de tropas estrangeiras no conflito interno colombiano.

Tradução: Joaquim Lisboa Neto

 


Loading. Please wait...

Fotos popular