Pravda.ru

Mundo

Se se verificar que o avião Antonov foi abatido por um míssil, a responsabilidade recairá nos EUA.

15.01.2007
 
Se se verificar que o avião Antonov foi abatido por um míssil, a responsabilidade recairá nos EUA.

O vice-diretor da Administração Estatal da Aeronáutica da Moldova, Iuri Zidu, declarou que se se verificar que o avião moldovo AN-26 foi abatido por um míssil, a responsabilidade recairá nos Estados Unidos.

 "O Comando norte-americano havia garantido à Moldova uma zona de segurança de três milhas em volta da base “Anaconda”, na qual esse aparelho estava efetuando o pouso em 9 do corrente", disse Zidu.

 Na última sexta-feira surgiram informações de testemunhas de que a aeronave foi abatida por um míssil. A responsabilidade pela ação foi reivindicada pelo grupo “Exército Islâmico no Iraque” segundo a Agência Estado.

 Num comunicado na internet, o Exército Islâmico no Iraque, um grupo nacionalista, disse que seus combatentes "abriram fogo de todas as direções contra um avião tentando pousar numa base americana, usando armas de médio alcance". "Com a ajuda de Deus, eles foram capazes de abatê-lo", acrescentou.


Um Antonov-26, de uma companhia aérea privada da Moldávia, caiu na terça-feira enquanto tentava pousar numa base aérea dos EUA perto de Baglda , 80 km ao norte de Bagdá. O avião transportava trabalhadores turcos da cidade sulista turca de Adana. Um passageiro turco sobreviveu à queda com ferimentos graves.

Segundo a versão oficial, o avião caiu por causa do mau tempo.


Loading. Please wait...

Fotos popular