Pravda.ru

Mundo

Polícia ucraniana prende membros da juventude comunista

14.10.2017
 
Polícia ucraniana prende membros da juventude comunista. 27485.jpeg

Polícia ucraniana prende membros da juventude comunista

Delegação viajaria à Rússia para participar do Festival Mundial de Jovens e Estudantes, onde denunciaria o governo ucraniano

Eduardo Vasco, Pravda.Ru

 

As forças de segurança do governo ucraniano detiveram nesta sexta-feira (13) membros da delegação do Komsomol Leninista da Ucrânia, liderada pelo seu primeiro-secretário, Mikhail Kononovich.

A delegação da juventude comunista ucraniana foi presa pelo Serviço Fronteiriço quando atravessava a fronteira com a Rússia em direção à cidade de Sochi, onde participariam do XIX Festival Mundial de Jovens e Estudantes (maior evento internacional do gênero), organizado pela Federação Mundial da Juventude Democrática.

Em nota, a irmã juventude comunista da República Popular de Donetsk denunciou a ação repressiva do "regime nazi-oligárquico da Ucrânia". Segundo a organização, a junta de Kiev teme a participação dos jovens comunistas ucranianos em um evento progressista de tão alto nível, pois isso permitiria à juventude daquele país contar ao mundo toda "a verdade sobre o real estado das coisas na Ucrânia". Por isso o governo central comete "ameaças diretas e ataques contra a juventude independente, democrática e consciente".

O Komsomol Leninista da RPD condenou a operação executada por Kiev, "que cometeu ações ilegais contra a Juventude Comunista Ucraniana".

Essa é mais uma das inúmeras ações implementadas pelo regime que nasceu de um golpe de Estado no início de 2014 que mergulhou a Ucrânia em uma guerra civil. O governo do presidente Petro Poroshenko, formado por nacionalistas radicais e neonazistas, tem reprimido frequentemente movimentos de esquerda.

O Partido Comunista, assim como qualquer organização de extrema-esquerda, foi banido e perseguido violentamente, ao mesmo tempo em que a ideologia de extrema-direita tomou conta das instituições controladas pelo Estado. A repressão inclui a demonização do passado soviético, a xenofobia contra os russos, a doutrinação abertamente fascista em muitos recintos escolares e a tentativa de esmagamento dos rebeldes que resistiram ao golpe de Estado no leste do país e proclamaram a independência das regiões do Donbass - República Popular de Donetsk e República Popular de Lugansk.

Por sua vez, a XIX edição do Festival Mundial de Jovens e Estudantes ocorre entre os dias 14 e 22 de outubro em Sochi. O principal tema do evento deste ano é o centenário da Revolução Russa de 1917.

 

-----------------------------------------------

Foto: Komsomol Ucrânia - Facebook

 


Loading. Please wait...

Fotos popular