Pravda.ru

Mundo

Oleoduto Bakú-Tbilissi-Ceyhan

14.07.2006
 
Oleoduto Bakú-Tbilissi-Ceyhan

No porto turco de Ceyhan foi inaugurado o oleoduto Baku-Tbilissi-Ceyhan, construído a partir do Azerbaijão até a Turquia, passando pelo território da Geórgia.

A capacidade projetada da obra é de 50 milhões de toneladas anuais, sendo sua extensão total de mais de 1 700 quilômetros. O valor do projeto já batizado por analogia com o famoso trajeto medieval “Caminho da Seda” do século XXI é de quase 4 bilhões de dólares.

À cerimônia de abertura assistiram os dirigentes da Turquia, Azerbaijão e Geórgia, assim como altos representantes de 32 países.

O petróleo do Mar Cáspio já corre para a Europa sem passar pela Rússia, e evitando o Médio Oriente. Com pompa e circunstância no terminal de Ceyhan, os chefes de estado da Turquia, Geórgia e Azerbaijão inauguraram o oleoduto que atravessa que trará o crude dos jazigos azeris .

Uma conquista estratégica para os países do Cáucaso, que reduzem a sua dependência da Rússia e um trunfo político para a Turquia, que se aproxima ainda mais do Ocidente. A oportunidade económica não podia ser maior.

 Os preços do petróleo voltam a atingir novos máximos históricos, em especial por causa da tensão no Médio Oriente. O preço do barril roça os 76 dólares, acumulando este ano uma subida de 21%.

Existem para mais outros factores que promovem esta escalada do preço do petróleo: a crise nuclear com o Irão e a Coreia do Norte, assim como a crescente actividade da guerrilha na Nigéria, deixam nervosos os mercados de futuros, que reflectem um cenário de oferta escassa e perturbada e uma procura sempre em ascensão, devido a recuperação económica nos Estados Unidos, Japão e Europa e ao forte crescimento em países emergentes como a China e a Índia.


Loading. Please wait...

Fotos popular