Pravda.ru

Mundo

Feiras de Negócios

14.05.2007
 
Pages: 123

P: Quantos metros quadrados de superfície expositiva vai ter a Fira assim que Gran Via estiver arrumadinho?

O sucesso duma feira va de mãos dadas pela superfície expositiva ou reunindo dum jeito correto os diferentes segmentos do setor principal?

SG: O sucesso duma feira fica do lado duma correta organização reunindo tudo aquello que se oferece e procura-se.

Fica absolutamente claro que o assunto é aprimorar a percorrida dos visitantes, fazendo-a bem simples, além duma divulgação ótima procurando “arrecadar” a maior quantidade de expositores ( oferta ) atraindo uma grande visitação ( demanda ).

P: O metro quadrado em alguns países da América é bem mais caro que na Fira ou otras propostas atraentes deste ambiente.

Acaba-se “prostituindo” o produto dando estandes de “presente” na hora que o prazo de encerramento para se cadastrar como expositor vai se acabando ?

SG: Acho que o preço do metro quadrado não tem como alvo apenas arrecadação.

Conheço feiras muito importantes que são referências no mundo que o metro quadrado é muito caro mas pelo próprio prestígio acaba dando uma virada logo pois recebe muita visitação ( compradores ) porém percebo que esse grande investimento acaba sendo uma grande valia para eles pois seus negócios não param de crescer.

P: Tem viajado muito pelo mundo inteiro pelo assunto feiras e lazer. Um centro de exposição que tinha cativado você além da Fira que é o “seu” ?

SG: Um desses centros de exposições que conheço e gosto muito são os de Rimini na Itália e Munique na Alemanha.

P: Um lugarzinho lindo de olho nas suas feiras para descontrair bastante ?

SG: Qualquer um dos lugarzinhos da Itália, Algodoal na Ilha de Maiandeua no norte do Brasil e Colonia del Sacramento no Uruguay.

Correspondente PRAVDA.ru

Gustavo Espiñeira

Montevidéu – Uruguai

Pages: 123

Fotos popular