Pravda.ru

Mundo

Ortega denuncia perigo de bases militares dos EUA na Colômbia

13.11.2009
 
Ortega denuncia perigo de bases militares dos EUA na Colômbia

O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, denunciou nesta segunda o perigo que representam as bases militares estadunidenses na Colômbia para a soberania desse povo e de toda América Latina.

Ao intervir ontem em um ato nesta capital pelo 33 aniversário da queda em combate do comandante Carlos Fonseca Amador, fundador da Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN), Ortega disse que a presença de bases militares na área é um retrocesso.

Esses enclaves, pontualizou, são símbolo de guerra, como a que têm em Palmerola que a utilizaram para fazer a guerra contra a Nicarágua nos anos 80. Não queremos mais guerra na Nicarágua, não queremos mais guerra na América Latina, o quê o mundo quer é paz, quer trabalho, sublinhou.

O dirigente sandinista chamou os povos da região a lutar para que se desmantelem as políticas intervencionistas contra os países da área e para que aqueles aliados do intervencionismo tenham um pouco de dignidade e que não sejam multiplicadas as bases militares.

O presidente analisou a herança recebida pelo presidente Barack Obama de seu antecessor George W. Bush, entre estas, as guerras no Iraque e Afeganistão.

Agregou que o golpe de estado em Honduras o tinham deixado preparado os de Bush e sustentou que essa maquinaria esta intacta e o presidente Obama muito pouco pode fazer.

Sublinhou que a maquinaria do negócio militar aproveita para buscar como fechar espaços democráticos e soberanos que se estão abrindo no mundo e que neste caso se abriram na América Latina.

Centenas de nicaraguenses desfilaram ontem, domingo, em frente ao mausoléu que guarda os restos de Fonseca Amador, que morreu combatendo nas montanhas de Zinica, Matagalpa, contra a Guarda Nacional Somocista.

Milhares de trabalhadores, crianças, jovens, profissionais foram até o mausoléu para depositar flor em homenagem ao homem que resgatou o pensamento e o ideário do general de homens livres, Augusto C. Sandino.

http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=335cd1b90bfa4ee70b39d08a4ae0cf2d&cod=5038


Loading. Please wait...

Fotos popular