Pravda.ru

Mundo

Israel: Ataque terrorista contra Líbano

13.07.2006
 
Israel: Ataque terrorista contra Líbano

A Federação Russa e França condenaram hoje o uso desproporcionado de força pelo Israel depois das infra-estruturas libaneses serem escolhidos como alvos do equipamento militar israelita. 35 civis libaneses foram assassinados neste ataque terrorista cometido por Israel, em que bombardearam o aeroporto internacional de Beirute, lançaram mísseis contra várias vilas e um bloqueio aéreo e marítimo foi imposto num acto de terrorismo do estado e pirataria internacional.

As Forças Armadas Israelitas também lançaram um ataque contra uma base aérea libanesa no Vale de Bekaa.

O MNE de Israel declara que estes actos de agressão vêm na sequência da captura de dois soldados por operativos de Hezbollah, que acusa de tentar levá-los para o Irão.

Naila Mouawad, Ministra de Assuntos Sociais do Líbano, declarou à imprensa em Beirute que “Nós pensamos que a resposta de Israel é demasiado dura…sobre o povo do Líbano, estes são agora os reféns”.

Se Israel pensa que é proporcionado utilizar equipamento militar contra civis porque foram capturados dois soldados não pelo exército libanês mas por operativos da Hezbollah, que não gozam do apoio de todo o Governo libanês, então é um sinal claro que Tel Aviv está a agonizar depois de décadas de arrogância, porque perdeu os corações e mentes da comunidade internacional por se recusar a sair dos territórios que detém ilegalmente.

Se Israel responde a actos terroristas com terrorismo, então se tornou num estado terrorista e como tal acaba de justificar ataques de retaliação. Qual é a diferença entre um civil israelita assassinado por um terrorista Palestiniano ou da Hezbollah e um civil libanês a ser assassinado por um terrorista israelita?

Timothy BANCROFT-HINCHEY

PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular