Pravda.ru

Mundo

Maria Antonia, do PC Cubano, destaca os 50 anos da revolução e agradece ao PCB por sua solidariedade

12.10.2009
 
Maria Antonia, do PC Cubano, destaca os 50 anos da revolução e agradece ao PCB por sua solidariedade

A conselheira política da embaixada de Cuba, Maria Antonia Ramos, esteve presente à Associação Brasileira de Imprensa (ABI) nesta quinta-feira para proferir a palestra “50 anos do Triunfo da Revolução Cubana: conquistas e desafios (1959-2009)”.

Também representante do Partido Comunista Cubano, Maria Antonia aproveitou a ocasião para agradecer “a solidariedade do Partido Comunista Brasileiro” para com a ilha revolucionária, no seminário “O olhar dos comunistas sobre a conjuntura internacional”, evento que precede o XIV Congresso do PCB.

Maria Antonia aproveitou a ocasião para lembrar os 42 anos do assassinato de Che Guevara, e reafirmar o exemplo do “médico, guerrilheiro, dirigente político” para os comunistas. E lembrou as dificuldades que Cuba enfrentou após a devastação dos furacões Ike e Gustav: o país perdeu cerca de 20% de seu PIB.

“Estamos dando prioridade absoluta ao crescimento da produção e dos serviços”, afirmou, para em seguida lembrar que “o bloqueio é o principal obstáculo ao desenvolvimento do país”. Mas nada que não possa ser solucionado por um povo educado e capaz: “Não temos petróleo (ainda), mas o principal fruto da revolução cubana, o nosso petróleo, é nosso ‘capital humano’”, comentou.

Antes da palestra da representante do PC Cubano, foi transmitido um vídeo com momentos marcantes desses 50 anos de revolução cubana, como o assalto ao quartel Moncada, a tomada do poder, a invasão à Baia dos Porcos, as tentativas de sabotagem e o terrorismo do imperialismo e, ainda, as dificuldades do chamado “período especial”, pós-queda da União Soviética, que confirmou ao mundo o vigor e a coragem tenaz do povo cubano em seguir construindo o socialismo.

http://www.pcb.org.br/mantonia.htm


Loading. Please wait...

Fotos popular