Pravda.ru

Mundo

Unidos contra o terror

12.07.2006
 
Unidos contra o terror

As sete explosões em comboios de passageiros na hora de ponta ontem a tarde em Mumbai, Índia, uniram os líderes mundiais, que exprimiram seu sentido de choque e consternação contra esse acto de barbaridade.

As explosões ocorreram entre 10.00 e 18.30 horas locais entre as estações de Mahim, Jogeshwari, Borivili, Bhayander, Matunga e o caminho de ferro Khar-Santa Cruz na rede Ocidental.

Testemunhos oculares contaram à PRAVDA.Ru que tinham visto passageiros a arder, a saltarem dos comboios para evitarem as chamas.

O grande número de mortos (cerca de 200 e a aumentar) e de feridos (cerca de 715) pode provocar uma reacção contra os extremistas islâmicos, que muitos pensam estarem atrás deste ultraje, embora ainda nenhum grupo tenha reclamado a responsabilidade. Ninguém na Índia esquece as cenas de terror quando em 1993, 13 explosões mataram 257 pessoas e feriram mais 713. Neste momento, as investigações policiais prosseguem.

Condolências da comunidade internacional

Vladimir Putin, Presidente da Federação Russa numa mensagem ao Presidente da Índia Abdul Kalam e o Primeiro Ministro Manmohan Singh

“Ficamos chocados em ouvir acerca da morte de tantas pessoas inocentes numa série de explosões no dia 11 de Julho de 2006 na rede ferroviário de Mumbai e também nos incidentes em Jammu e Kashmir. Este crime monstruoso sem escrúpulos nunca pode ser justificado. Os terroristas responsaveis por este acto de crueldade devem ser severamente castigados.

Em nome do povo russo eu exprimo minhas sinceras condolências aos parentes dos seus entes queridos que foram vítimas e peço que transmitam nossos pensamentos a todos os que foram envolvidos”.

Condoleeza Rice, Secretário de Estado dos EUA

“Os EUA condenam estes ataques terroristas horríveis em Kashmir e Mumbai. Muitas pessoas perderam suas vidas e muitas outras ficaram feridas. Nossos pensamentos e orações estão com as vitimas e suas famílias. Não há causa política que possa justificar o assassínio de pessoas inocentes. Os EUA estão ao lado da Índia na sua luta contra o terror. Os responsáveis por estes actos terríveis devem ser postos perante a justiça o mais rapidamente possível”.

Tony Blair, Primeiro Ministro do Reino Unido

“Condeno absolutamente estes ataques brutais e vergonhosos. Nunca pode haver qualquer justificação para o terrorismo”.

General Pervez Musharraf, Presidente do Paquistão

“Este acto desprezível de terrorismo resultou na perda de grande número de vidas preciosas”. Condenou o acto e exprimiu suas condolências sobre a perda de vidas inocentes.

Shailendra XAVIER

PRAVDA.Ru

ÍNDIA


Loading. Please wait...

Fotos popular