Pravda.ru

Mundo

Rússia e Bielorússia reanimaram a "Amizade"

11.01.2007
 
Rússia e Bielorússia reanimaram a "Amizade"

A Rússia retomou no final da tarde desta quarta-feira o fluxo de petróleo através do oleoduto Druzhba (Amizade) que cruza o território da Bielorússia, segundo informou Alexei Kostuchenko, diretor geral do oleoduto .

"O fluxo de petróleo nas condutas principais começou às 23h35 hora de Moscovo, como previsto e conforme os acordos alcançados entre as duas partes", disse Kostiutchenko.

As fontes na Polónia confirmaram a informação. "Na quarta-feira, às 21h35, em Adamow, na fronteira entre Polônia e Bielo-Rússia, registrou-se de novo a passagem do petróleo russo pelo oleoduto Drujba", declarou o porta-voz da empresa polonesa de oleodutos PERN, Tomasz Zakrzewski.

A suspensão ocorreu em 6 de janeiro, quando a Bielorússia iniciou unilateralmente, sem alertar nenhuma das partes envolvidas, a desviar ilegalmente petróleo do oleoduto Druzhba comunicando aà parte russa sobre a introduçáo  os impostos aduaneiros para o petróleo em trânsito destinado para paises europeos. Depois de uma conversa telefónica de ontem entre os presidentes Putin e Lukashenko, a Bielorússia levantou os impostos e a Rrússia começou o fluxo de petróleo.

Entretanto o vice–ministro do ministério do Desenvolvimento Econômico da Rússia , Andrei Sharonov, disse que para evitar no futuro os incidentes semelhantes  a Rússia vai buscar vias alternativas de fornecimento de petróleo à Europa.

O oleoduto Druzhba fornece petróleo russo para a Polônia, Alemanha, Ucrânia, Eslováquia, República Checa e Hungria.

Há pouco, nas transações eletrônicas do sistema Globex, os futuros de petróleo WTI seguiam em baixa, com o preço do barril voltando a cair abaixo de US$ 54,00 por barril. No final do dia 10 do corrente os contratos de petróleo para fevereiro estavam a US$ 53,49 por barril, queda de 0,98%, depois de terem tocado a mínima intraday de US$ 53,44. As informações são da Dow Jones.


Loading. Please wait...

Fotos popular