Pravda.ru

Mundo

Editorial: Liberdade de Expressão

09.05.2008
 
Editorial: Liberdade de Expressão

Quem está a mexer na livre circulação de informações? Quem está a bloquear os contactos da PRAVDA.Ru via correio electrónico? Quem está tentando impedir que os nossos correspondentes nos comuniquem? Será os que pregaram “Liberdade de expressão,” “Liberdade da imprensa,” será aqueles que semeiam a sua versão de “Liberdade e Democracia” pelo mundo fora com a bala numa mão e a Bíblia noutra?

Pois, quem serão? Serão aqueles que enchem os meus correios electrónicos com mensagens de ódio e ameaças? Serão aqueles que assassinaram tantas figuras públicas que começaram a ser inconvenientes por praticar a liberdade de expressão e da imprensa?

Serão aqueles responsáveis por guerras, actos de chacina, tortura, rapto, violação…em nome de quê? Da liberdade? Do capitalismo? De uma sociedade democrática “livre”? É assim que se constrói os fundamentos da Liberdade e Democracia? Por actos de ciber-terrorismo?

Porque se forem esses a interferirem nos correios electrónicos e listas de contactos dos correspondentes da PRAVDA.Ru e nos meus correios electrónicos e listas de contactos pessoais, eis uma mensagem cristalina e clara:

Se acharem que através de tentativas pueris de me silenciar, tentando bloquear contactos e escrevendo mensagens absurdas, vão fazer-me medo, então são tão estúpidos como são maus, são tão incompetentes como são malevolentes, são tão inúteis como são satânicos.

Todas as tentativas de interferir com os nossos contactos são documentadas, todas as mensagens são armazenadas e todos os correspondentes têm uma longa lista de contactos alternativos, e não só via correio electrónico, se não receberem uma resposta, para me contactar. Se acharem que a versão portuguesa da PRAVDA.Ru utiliza apenas o correio electrónico que está exposto no site, então começa a ficar bem clara a razão pelo estupendo falhanço do modelo capitalista-monetárista, pois além de ter falhas básicas inerentes, é dirigido por idiotas incompetentes.

Fica bem clara então o que é a vossa “Liberdade”: é uma bomba de fragmentação numa zona residencial de Bagdade, é o bombardeamento de um sistema de fornecimento de água ou gás, é o escolher de um hotel, hospital ou escola como alvo válido, é praticar actos de ciber-terrorismo, interferindo nas comunicações livres de profissionais de comunicação social.

Vocês são os terroristas, vocês são os assassinos, vocês são o Eixo do Mal e com cada dia que passa, vocês retiram qualquer credibilidade que alguma vez tiveram pelos seus próprios actos.

E não tenho medo de vocês. Eu como Director e Chefe de Redacção da Versão Portuguesa da PRAVDA.Ru, como Homem e como filho do meu Pai, me recuso a vergar perante o Império. Vou continuar a publicar artigos interessantes, vou continuar a mobilizar a opinião pública pelas minhas redes sociais e vou continuar a publicar a verdade, doa a quem doer. E não há filho da puta nenhum, em qualquer parte do mundo, que me vai calar!

Afinal vemos a diferença entre aqueles que pregaram ad nauseam a “liberdade de expressão” mas de facto não passam de terroristas enquanto na Rússia, tanto criticada durante tanto tempo, a única directiva que temos em termos editoriais é escrevermos a verdade.

A diferença é que eu não me escondo atrás de actos covardes, não mexo nas comunicações dos outros, não bloqueio listas de contactos e não interfiro no correio electrónico que não me pertence. Assino os meus artigos com meu nome. Escrevo a verdade. Publico o que eu bem quiser e quando eu quiser. E até coloco aqui minha fotografia.

Se eu for o próximo na lista, assim seja.

Timothy BANCROFT-HINCHEY

PRAVDA.Ru

Director e Chefe de Redacção

Versão portuguesa


Loading. Please wait...

Fotos popular