Pravda.ru

Mundo

Venezuela e Irã apoiam a idéia de criação de um cartel do gás

09.04.2007
 
Venezuela e Irã apoiam a idéia de criação de um cartel do gás

Os ministros da Venezuela e do Irã anunciaram neste domingo (08) que apóiam a idéia de uma "Opep do gás" para defender os interesses dos países exportadores deste recurso energético.

"Estamos aqui para apoiar uma Opep do gás. É uma boa idéia", declarou o ministro venezuelano da Energia, Rafael Ramírez. "Discutiremos a questão", concluiu Ramírez ao chegar a Doha para o Foro de Países Exportadores de Gás (FPEG), que começa nesta segunda-feira, informa agência AFP. 

Já o ministro iraniano do Petróleo, Kazem Vaziri Hamaneh, estimou que a criação de uma "Opep do gás" reforçaria o FPEG.

"Nós também pensamos que se o Foro avançar nesta direção (para a criação do cartel), será reforçado".

Hamaneh afirmou que outros ministros que participarão do Foro são igualmente favoráveis ao projeto.

Os dois ministros ressaltaram que o anúncio da "Opep do gás" não deverá ser feito em Doha.

Ramírez minimizou a oposição dos países ocidentais à formação de um novo cartel: "os países consumidores estão sempre contra os nossos interesses, mas precisamos defender nossos interesses".

O ministro egípcio de Energia, Sameh Fahmi, avaliou, por sua vez, que a criação de "uma Opep do Gás" não é uma boa idéia "no atual estado das coisas".

A idéia de uma "Opep do gás" foi levantada nas últimas semanas, especialmente pelo Irã, um dos 15 membros do FPEG, uma estrutura informal fundada em 2001.

No FPEG estão os cinco maiores produtores do mundo - Rússia, Irã, Qatar, Venezuela e Argélia -, que somam 42% da produção e controlam 73% das reservas mundiais de gás.

Fonte Revista Época


Loading. Please wait...

Fotos popular