Pravda.ru

Mundo

Cuba rejeita sua inclusão em lista de estados patrocinadores do terrorismo

09.01.2010
 
Cuba rejeita sua inclusão em lista de estados patrocinadores do terrorismo

HAVANA, Cuba, 06 jan (ACN) Cuba rejeitou na terça-feira sua inclusão na lista de estados patrocinadores do terrorismo, divulgadas há pouco pelos E.U.

O porta-voz da seção de interesses cubanos em Washington, Alberto González, disse que o governo cubano coopera na luta contra o terrorismo internacional e acrescentou que a ilha “cumpriu, cumpre e cumprirá as medidas de segurança reconhecidas internacionalmente para estes casos”.

González insistiu que Cuba “não reconhece qualquer autoridade moral do governo dos Estados Unidos para certificar a sua inclusão em listas desse tipo”.

O representante cubano frisou que a nação caribenha “nunca foi utilizada para organizar, financiar ou executar atos terroristas contra os Estados Unidos da América ou de qualquer outro estado”.

González observou que a inclusão de Cuba na lista negra tem um caráter político, porque o governo de Washington “não pode citar um único ato terrorista ou a intenção que viesse do território cubano”.

“Pelo contrário”, continuou, “Cuba tem sido vítima de violência e terrorismo por pessoas como Luis Posada Carriles”, autor intelectual do atentado ao avião da Cubana de aviación, em que morreram todos os 73 passageiros, civis por sinal.

Atualmente os Estados Unidos ignoram o pedido venezuelano de extradição.

Agência Cubana de Notícias

www.cubanoticias.ain.cu

ainportugues@ain.cu


Loading. Please wait...

Fotos popular