Pravda.ru

Mundo

Litvinenko foi envenenado no Hotel Millenium

08.12.2006
 
Litvinenko foi envenenado no Hotel Millenium

Os investigadores britânicos do caso Litvinenko chegaram a conclusão que o ex-agente do FSB foi envenenado no Pine Bar no Hotel Millenium, em Londres, no dia 1 de novembro onde ele encontrou-se com Andrey Lugovoi e Dmitri Kovtun , também ex-agentes do FSB, escreve The Times esta sexat-feira.

De acordo com a agência de saúde do Reino Unido, foram detectados traços de radioactividade em sete empregados do referido hotel. As autoridades britânicas receiam que muitas outras pessoas possam ter estado expostas à radioactividade e urgentemente tentam localizar cerca de 250 pessoas a ser encontrados em 1 de novembro no Pine Bar.

Pat Troop, da agência de saúde, disse que os funcionários não estão em perigo imediato e que não vão sofrer qualquer doença, mas que a longo prazo poderão estar sujeitos a uma maior propensão para sofrerem de cancro.

O representante do Ministerio de Defesa radioactiva británica , Michael Clark, supôs que Litvinenko fosse envenenado através de um sigarro ou bebida. Segundo os detetives uma alegada bebida envenenada fosse preparada em um dos apartamentos do Hotel Millenium.

 Os traços significativos do polónio foram detectados em um apartamento no quarto andar a  ter ocupado por um russo.

Esta quinta-feira, Alexander Litvinenko foi a enterrar na capital britânica mediante um ritual muçulmano. No funeral estiveram pessoas como o dono de Litvinenko , Boris Berezovski e o desertor checheno Akhmed Zakayev, a extradição de qual exige a Rússia por ele ter cometido crimes no território russo.


Loading. Please wait...

Fotos popular