Pravda.ru

Mundo

Equador confirma empréstimo de US$ 1 bi concedido pela China

06.04.2009
 
Equador confirma empréstimo de US$ 1 bi concedido pela China

“A China nos ofereceu US$ 1 bilhão para projetos de infraestrutura, e nós poderemos pagar [o empréstimo] aos poucos, com nosso petróleo", disse Correa em seu programa semanal de rádio e televisão.

Na última quinta-feira, o ministro coordenador de Política Econômica, Diego Borja, fez menção ao crédito concedido por Pequim ao dizer que com os empréstimos solicitados junto a instituições financeiras latino-americanas e à China, o Equador conseguirá cobrir o déficit em suas contas públicas previsto para este ano, da ordem de US$ 1,5 bilhão.

Segundo Correa, o acordo com a China é positivo porque as economias dos dois países se complementam. O Equador, explicou, tem petróleo mas sofre com a falta de divisas, enquanto a China tem dinheiro e importa quase metade de todo o petróleo que consome.

O empréstimo será liberado pelo Banco de Desenvolvimento chinês e deverá estar disponível dentro de 60 dias. No anúncio que fez na quinta-feira, o ministro Borja indicou que o país conseguiu um crédito de US$ 100 milhões junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e mais US$ 120 milhões da Corporação Andina de Fomento (CAF).

Além disso, outros US$ 482 milhões poderão ser liberados pelo Fundo Latino-americano de Reservas (Flar) no dia 21 abril. "Com estes recursos, posso dizer que o déficit fiscal, que o governo vinha tentando financiar, estaria coberto para o ano de 2009", disse o funcionário na ocasião.

Afetado pela queda do preço do petróleo, carro-chefe de sua economia, o Estado equatoriano prevê arrecadar menos este ano. Em dezembro do ano passado, o barril de petróleo equatoriano chegou a ser cotado a US$ 24, menor valor registrado nos últimos quatro anos.

Fonte: Ansa

http://www.patrialatina.com.br/editorias.php?idprog=092cb13c22d51c22b9035a2b4fe76b00&cod=3761


Loading. Please wait...

Fotos popular