Pravda.ru

Mundo

Panamá: 17 mortos por síndrome misteriosa

05.10.2006
 
Panamá: 17 mortos por síndrome misteriosa

Dezessete pessoas morreram no Panamá, vítimas de uma "síndrome de origem desconhecida" , confirmou nesta quinta –feira, Camilo Alleyne, ministro da Saúde do Panamá.  Segundo as autoridades locais  o presidente do Panamá, Martín Torrijos, se reuniu esta manhã com as autoridades da saúde.

 
   Entretanto a vizinha   Costa Rica  estabeleceu  com Panamá uma fronteira de vigilância sanitária.   A ministra da Saúde da María Ávila Aguero, ordenou às autoridades da Caixa de Seguro Social Costarriquenha (CSSC) que fiquem atentas aos quadros clínicos nas comunidades limítrofes com essa nação.

A origem da doença está sendo investigada com o apoio dos Estados Unidos e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas). Ainda não foi determinado se trata-se de uma bactéria ou de um vírus, mas as autoridades sanitárias não descartam a possibilidade de que seja um agente tóxico que esteja causando a doença.

 Cinco especialistas da Opas estão trabalhando no país e na próxima sexta-feira devem chegar outros quatro especialistas dos Centros de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos.

De acordo com o minist]erio  da Saúde, a síndrome se manifesta com mais freqüência em homens com mais de 60 anos e causa vômitos, náuseas, diarréia e infecções renais.  O país está em estado de alerta devido à doença e a população segue apreensiva. Até agora, 23 casos foram identificados, indicam as autoridades.

Prensa Latina



Loading. Please wait...

Fotos popular