Pravda.ru

Mundo

Na Ucrânia chegaram a um acordo

04.08.2006
 
Na Ucrânia chegaram a um acordo

O presidente da Ucrânia, Viktor Iuchenko; o primeiro-ministro em exercício Iuri Iekhanurov, o presidente do Parlamento, Aleksandr Moroz; e os presidentes de todas as bancadas parlamentares, excetuando a ex-primeira-ministra Iulia Timochenko, assinaram o documento intitulado “Declaração Universal de Unidade Nacional”, o qual possibilitará resolver a séria crise política criada no País após o desmoronamento da “coalizão laranja”.

A “Declaração Universal” refere as posições comuns ocupadas pelas principais forças políticas em relação às questões-chave, especialmente no que diz respeito às garantias de integridade nacional. Pressupõe que a decisão sobre a entrada ou não na OTAN será tomada através de referendo nacional.

 O documento proclama continuação da política voltada para ingresso na União Européia e presença da Ucrânia no Espaço Econômico Comum, juntamente com a Rússia, a Belarus e o Cazaquistão.

 A “Declaração Universal” garante emprego da língua ucraniana como língua oficial do Estado. O status da língua russa e demais línguas é assegurado nos mermos da Constituição da República e da “Carta Européia de Línguas Regionais”.


Loading. Please wait...

Fotos popular