Pravda.ru

Mundo

Cheney ataca a Rússia

04.05.2006
 
Cheney ataca a Rússia

O Vice-Presidente dos Estados Unidos da América, Richard Cheney, declarou hoje numa cimeira em Vilnius, Lituânia, que a Rússia tem utilizado os seus recursos de energia para chantagear os seus vizinhos e restringir a sua democracia.

“Em muitas áreas da sociedade civil, desde a religião e os média, até grupos de advocacia e partidos políticos, o governo tem restringido injusta e indevidamente os direitos das pessoas”, disse Cheney.

Referindo à política adoptada na área de energia, Cheney disse, “Nenhum interesse legítimo é servido quando petróleo e gás se tornam ferramentas de intimidação ou chantagem, seja pela manipulação da oferta ou tentativas de monopolizar a transportação”.

As declarações do Vice-Presidente dos EUA provocaram uma reacção forte da Rússia. Dmitri Peskov, um porta-voz presidencial considerou-as “completamente incompreensíveis”, acrescentando que “O discurso do Senhor Cheney na nossa opinião está cheio de uma avaliação substancial de nós e os processos que estão a decorrer na Rússia”.

De facto, parece que Richard Cheney, também conhecido por “Dick” ou tem uma memória curta ou vive nas nuvens. Falando de direitos, quem foi que invadiu o Iraque porque Saddam Hussein tinha Armas de Destruição Massiva, quem chacinou milhares de civis, quem escolheu como alvos infra-estruturas civis com equipamento militar e quem ganhou contratos bilionários sem concurso?

Não foi a Rússia.

E quem interferiu nos processos em países vizinhos da Rússia? Parece afinal que as Revoluções laranja se tornarem em pesadelos. Se Ucrânia recebe gás russo, então tem de o pagar, especialmente quando tem um Presidente que virou as costas a Moscovo. Será que Washington vende bens norte-americanos a preços altamente subsidiados? Não? Então pratica a chantagem, nas palavras de Cheney.

Mais uma vez, retórica evocativa da Guerra Fria daqueles que gostam de guerras.

Timothy BANCROFT-HINCHEY

PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular