Pravda.ru

Mundo

Presidente Santos, o derramamento de sangue tem que parar!

03.02.2018
 
Presidente Santos, o derramamento de sangue tem que parar!. 28153.jpeg

Presidente Santos, o derramamento de sangue tem que parar!

Escrito por Conselho Político Nacional - FARC


"Os amigos da guerra desejam continuar sua campanha de ódio, angústia e incerteza para conduzir o povo colombiano a um ambiente de violência generalizada"


Bogotá, 1º de fevereiro de 2018.

Com profunda dor recebemos no dia de ontem a notícia que confirma o desaparecimento, tortura e posterior assassinato de nossos camaradas William Rivera, Jhojan Silva e Luis Cortes Cabezas e o jovem menor de idade David Rivera no município de Santa Cruz Verde La Florida, no estado de Nariño. Este fato se soma aos mais de 30 assassinatos de ex-combatentes em processo de reincorporação e à onda de crimes contra líderes sociais e defensoras de direitos humanos que alcança a trágica cifra de 23 assassinatos no transcorrer deste ano.

De acordo com a informação recebida, tudo indicaria que os responsáveis pelo crime são integrantes ativos do Exército de Libertação Nacional que atua na referida região do país; resistimos a pensar que membros de uma organização baseada nos princípios de humanismo estejam comprometidos com a comissão desse condenável ato, razão pela qual solicitamos de maneira urgente que o ELN aclare publicamente a dita informação.

Por outra parte, quando subscrevemos o ponto 3 do Acordo Final, nossa máxima exigência e aspiração, pela qual seguimos trabalhando arduamente, é a materialização de garantias reais e efetivas para a participação política e a reincorporação digna de nossos combatentes; ademais, plasmamos as ferramentas que garantiriam e protegeriam a tarefa que realizam milhares de homens e mulheres em todo o país preservando a vida e o território; no entanto, a realidade do ocorrido nos demonstra que o Estado tem descumprido ao referido compromisso, tem sido incapaz de impedir o derramamento de sangue e é cúmplice de cercear a possibilidade de levar a Paz aos territórios.

Os esforços por completar a saída política e negociada ao conflito devem continuar e um novo Cessar-Fogo bilateral deve ser pactuado entre o Estado colombiano e o ELN. Os amigos da guerra desejam continuar sua campanha de ódio, angústia e incerteza para conduzir o povo colombiano a um ambiente de violência generalizada, pelo qual convocamos o conjunto de setores sociais e políticos, convencidos da necessidade da Paz a se mobilizarem e a exigir do Governo Nacional que cesse o derramamento de sangue, se brindem garantias reais para os líderes sociais e se desarticulem as estruturas paramilitares nas regiões.

Conselho Político Nacional

Força Alternativa Revolucionária do Comum - FARC

Tradução > Joaquim Lisboa Neto

 


Loading. Please wait...

Fotos popular