Pravda.ru

Mundo

Microchip e políticas globais de controlo social

02.07.2008
 
Microchip e políticas globais de controlo social

O controlo electrónico dos indivíduos está a ser implementado nos EUA‏ O governo dos EUA já começou a ofensiva para tornar obrigatório o implante do microchip debaixo da pele de pessoas. Já é obrigatório numa série de situações.

O governo dos EUA já começou a ofensiva para tornar obrigatório o implante do microchip. Eis o que já é obrigatório:

- imigrantes mexicanos são obrigados pelas autoridades dos EUA a serem implantados com o microchip;

- mais de 16 hospitais dos EUA obrigam os pacientes a serem implantados com o microchip;

- dezenas de empresas privadas estão a obrigar os seus trabalhadores a serem implantados com o microchip;

- funcionários públicos do governo federal dos EUA já estão a ser obrigados a serem implantados com o microchip;

- vários departamentos da polícia mexicana, impelidos por acordos de financiamento com o governo dos EUA, obrigaram centenas de polícias a serem implantados com o microchip;

e o microchip:

- é produzido pela Verichip, empresa do grupo IBM - a IBM produziu também os cartões de identificação para o regime de Hitler, identificando os prisioneiros dos campos de concentração;

- o governo dos EUA subsidiou a produção do microchip;

- o microchip localiza qualquer pessoa em tempo real e contém todas as informações pessoais sobre ela;

- uma vez implantado não pode ser retirado sem o risco de lesões graves;

- tem como fonte de energia um sistema de captação de radiações electromagnéticas próximas (por exemplo de electrodomésticos), o que significa que se o portador estiver muito perto de uma grande fonte de radiação electromagnética (por exemplo cabos de alta tensão), corre o risco de ser queimado pelo microchip;

- testes científicos independentes comprovam que a longo prazo pode causar cancro no portador;

- relatórios da CIA e outros serviços secretos dos EUA falavam há anos na necessidade de usar os media para convencer o público a aceitar os implantes do microchip, nomeadamente através da promoção de políticas de indução do medo (11 de setembro, terrorismo, raptos de crianças).

o site na internet dum dos maiores movimentos internacionais de denúncia contra o microchip (we the people will not be chipped), revela muitas mais informações preciosas.

http://www.wethepeoplewillnotbechipped.com/

http://www.wethepeoplewillnotbechipped.com/phpfusion/viewpage.php?page_id=51

Fonte: ACED


Loading. Please wait...

Fotos popular