Pravda.ru

Mundo

Lakota – o Kosovo dos EUA

02.01.2008
 
Lakota – o Kosovo dos EUA

Enquanto Washington gosta de se intrometer nos assuntos internos da Sérvia, Índios Lakota exigem nação livre e independente e se retiram do Tratado de Fort Laramie que assinaram com os EUA em 1868.

Na sua declaração, os Lakota afirmam que “Somos os Lakota das reservas índias Sioux de Nebraska, Dakota Norte, Dakota Sul e Montana, que adoram a liberdade e que se retiraram dos tratados, constituindo assim uma nação independente e livre. Alertamos a Família das Nações que reassumimos a nossa liberdade e independência sob a lei natural, internacional e dos EUA”.

Canupa Gluna Mani, líder da Sociedade dos Guerreiros Strongheart, explica que “a saída do tratado está vestido no poder do povo Lakota e seus filhos”.

“Através da nossa história e sob a Lei de Reorganização dos Povos Índios de 1934, o Congresso disse que iria rever as provisões de 1968 (Tratado de Fort Laramie) mas não o fizeram. Mantiveram algumas promessas menores mas de forma geral o tratado não foi honrado. Porque se fosse, não teríamos esse colapso colossal de alcoolismo, abuso de drogas e pobreza e não teríamos as altas taxas de encarceração nas populações prisionais masculinas e femininas”.

Os Lakota, descendentes de Sitting Bull e Crazy Horse, declaram que saíram dos tratados assinados com os EUA por causa de sistemática quebra dos mesmos pelos Estados Unidos e reclamam os direitos sobre todas as suas terras.

Veja o website: www.freelakota.com e www.republicoflakotah.com

Cristina GARCIA

PRAVDA.Ru


Loading. Please wait...

Fotos popular