Pravda.ru

Mundo

Igreja Ortodoxa Russa ignora a declaração de Papa Bento XVI e Bartolomeu I

01.12.2006
 
Igreja Ortodoxa Russa ignora a declaração de Papa Bento XVI e Bartolomeu I

Hoje termina a visita do Papa Bento XVI à Turquia. Ontem o Papa assistiu a uma missa bizantina e reuniu-se com o patriarca ecuménico de Constantinopla, no momento com maior simbolismo do programa da deslocação, e com quem Bento XVI uniu forças, numa declaração conjunta.
O Papa e o patriarca ecuménico de Constantinopla, Bartolomeu I, assinaram ontem, em Istambul, uma declaração conjunta em que católicos e ortodoxos unem forças contra a ameaça à tradição cristã e à liberdade religiosa.

 O documento é um apelo comum ao esforço contra a “secularização, relatividade e niilismo” a espalhar-se no mundo ocidental, e constituiu um dos momentos mais significativos da viagem de Bento XVI à Turquia, no âmbito do diálogo entre religiões e da unidade dos cristãos. Os líderes religiosos assinaram o documento depois de um encontro na Igreja de São Jorge, em Fanar, sede do patriarcado ortodoxo, no fim de uma liturgia bizantina que contou com a participação do chefe da Igreja Católica.


Na declaração, Bento XVI e Bartolomeu I garantem o “apoio à direcção da formação da União Europeia”, mas sublinham que os seus percursores “não podem deixar de ter em conta os direitos inalienáveis da pessoa, em especial à liberdade religiosa”, e apelam também à protecção das raízes cristãs na Europa diante da possibilidade da existência de outras religiões, numa referência à possível adesão de países não cristãos à UE. Nesse sentido, pedem que a Europa se mantenha “sempre aberta a outras religiões”, mas proteja as raízes cristãs, tradições e valores, para “assegurar o respeito da história e contribuir para a cultura da futura Europa”.

O patriarcado daI Igreja Ortodoxa Russa não comenta a declaração conjunda de Istambul. 

 O caso é  que a Ortodoxia mundial consiste em 15 Patriarcados . Além da Igreja Ortodoxa Russa (50-100 milhões de crentes) existe  um Patriarcado a ocupar um lugar mais alto na heirarquia  ortodoxa, que  é o Patriarcado de Constantinopla ( mais de 2 milhões de crentes) .

 Este último chama -se ecuménico, porque surgiu nos tempos do Império Romano ( Ecumenia) com capital em Constantinopla , hoje Istambul. Patriarcado ecuménico une as igrejas ortodoxas gregas , como o  Patriarcado russo - eslavas . As relações entre Igreja Ortodoxa Russa e Igreja Ortodoxa Grega são tensas por causa do Patriarcado ecuménico realizar sua expansão à Ucrânia, organizando lá suas paróquias. As mesmas pretensões o Patriarcado russo tem em relação à Igreja Católica romana.


Loading. Please wait...

Fotos popular